ULTIMAS NOTÍCIAS
Braço direito de RC diz que espaços deixados por Cássio não ficarão vazios e sentencia: “Governo tem quadros e força de aliança suficiente”
quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014 Posted by Silvano Silva ✔


Braço direito de RC diz que espaços deixados por Cássio não ficarão vazios e sentencia: “Governo tem quadros e força de aliança suficiente”
Exército do PSB mostra que está pronto para batalha ‘em qualquer cenário’

Depois da enxurrada de anúncios de fidelidade e de adesões ao projeto político do governador Ricardo Coutinho, ocorrida durante toda esta semana, inclusive com ratificações sucessivas de apoio, tanto de políticos, quanto dos partidos – em qualquer cenário -, agora é a vez da socialista Estela Bezerra também vir à público para opinar sobre os movimentos recentes da política e o caminho que o PSB deve seguir em caso de concretização do rompimento com o grupo Cunha Lima.

Antiga porta voz do Governo do Estado, a ex-secretária de comunicação se mostrou afiada ao defender ‘com unhas e dentes’ o projeto de reeleição do governador Ricardo Coutinho, mesmo sem a reedição da aliança com o PSDB. Para Estela, o governo Ricardo Coutinho ‘tem sido extremamente operoso, tem metas ousadas, metas de atualizar a Paraíba em alguns aspectos, após os muitos anos de atraso’.

“O Governo tem sido extremamente concentrado e focado na administração publica e por isso tem as condições e os quadros necessários para ocupar todo e qualquer espaço que venha a ser desocupado por qualquer um dos nossos aliados”, disse. A resposta de Estela respondia ao questionamento sobre como o governo preencheria o vácuo provocado pela saída do PSDB do Governo.

Estela lembra que o PSB teve um trabalho muito importante nos últimos anos, tanto do ponto de vista administrativo, quanto do ponto de vista político. “Nós tivemos um trabalho importante do ponto de vista politico e administrativo, da correção do governo para com os seus aliados. O governo foi composto por um governo de coalisão, com todas as frentes que permitiram que a Paraíba tivesse o governo que tem hoje. O governo cumpriu fielmente com as metas de governo, prestigiando e reconhecendo as atribuições de todos os aliados”, esclareceu.

Indagada do por que do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) ter apoiado o eleição de Ricardo Coutinho em 2010 e agora em 2014 sinalizar que irá tomar outro rumo, Estela preferiu não explicar os motivos, jogando a responsabilidade desse eminente racha apenas para o PSDB.

“Sobre qualquer circunstancia, em qualquer ruptura, quem rompe é quem tem que justificar porque rompeu, mas ratifico que os espaços não ficarão vazios porque existem quadros qualificados na Paraíba e existe força de aliança suficiente para continuar a focar a administração publica”.

Mais uma vez provocada a opinar sobre o porquê do distanciamento do PSDB, já que, segundo ela, o governo agiu corretamente com Cássio, mais uma vez Estela esquivou-se.

“Quem deixa é quem deve falar porque está deixando, eu não tenho nenhuma reflexão sobre isso, é o momento de a gente ter moderação e compreensão do que é importante na politica. O governo cumpriu com muito foco e responsabilidade a carta programática firmada na aliança – que permitiu a vitória de Ricardo e é por isso que acredito que essas alianças precisam e devem ser renovadas. Nós que estamos no mesmo lugar não precisamos justificar porque continuamos, quem sai é quem tem que dizer porque saiu”, declarou.

Estela Bezerrá é pré-candidata do PSB a deputada estadual e atualmente atua como chefe de gabinete do governador Ricardo Coutinho. A socialista disputou sua primeira eleição em 2012, quando abarcou a 3ª colocação na disputa pela prefeitura municipal, ficando a frente até mesmo do ex-governador José Maranhão, do PMDB.

As declarações de Estela foram veiculadas na tarde desta quinta-feira (20), durante entrevista ao Programa Correio Debate, na 98 FM




Márcia Dias
PB Agora

Silvano Silva ✔

Obrigado pela visita!

Nenhum comentário:

Comente esta notícia!