ULTIMAS NOTÍCIAS
Temendo ir para cadeia após não cumprir acordo na justiça, Secretário de Transportes de Mari/PB pede demissão do cargo
sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015 Posted by Silvano Silva ✔

Secretário demissionário, Severino Tobi
Secretário demissionário, Severino Tobi
O Secretário de Transportes do município de Mari, na Zona da Mata da Paraíba, Severino Tobi, confirmou no início da tarde desta sexta-feira (06) a sua saída do cargo que assumia desde janeiro de 2013.
A crise no fornecimento de transporte a população que necessita de atendimento de saúde em outros municípios vem se alongando durante meses chegando ao ponto de nos últimos dias terem sido suspensos todas as viagens devido a falta de pagamento de carros locados. Com a frota municipal sucateada, um único gol de propriedade do município se envolveu em um acidente e encontra-se no conserto.
Diante do quadro acima apresentado, as mães das crianças portadoras de deficiência que realizam tratamento continuo em João Pessoa e Campina Grande procuraram na última quarta-feira (04) a comarca local e apresentaram o problema a Juíza Maria Inês e a Promotora Dra. Juliana que determinaram a regularização do fornecimento do transporte em caráter de urgência sob pena de pedir a prisão do Prefeito Marcos Martins e do Secretário Severino Tobi, caso descumpram o acertado.
Mesmo diante do acordado entre as mães, o Secretário e a justiça, a Prefeitura não cumpriu a parte que lhe cabia.
Segundo informações repassadas ao ExpressoPB por uma fonte, o Secretário de Transporte Tobi tentou até as primeiras horas da manhã desta sexta-feira (06) um contato com o Prefeito Marcos e não conseguiu falar com o mesmo e sem autonomia para ordenar nenhum tipo de despesa, a situação do secretário ficou insustentável.
Temendo receber a canetada da juíza, já que a Dra. Inês Cristina deixou claro que ele – o secretário – também tem responsabilidade com o caso e poderá ser enquadrado, Tobi tomou a última atitude que lhe cabia: entregou o cargo.
O documento no qual pediu exoneração  foi entregue pelo próprio Secretário Tobi ao Diretor do Departamento de Recursos Humanos, José Mendes, por volta do meio dia de hoje e em seguida comunicado pessoalmente a Juíza da Comarca a sua demissão.
A Prefeitura de Mari até o presente momento ainda não se pronunciou a respeito, talvez porque não tenha por quem se pronunciar, já que no início da semana o Assessor de Comunicação Wagner Ribeiro também entregou o cargo.
Mesmo com o encaminhamento da justiça e a renúncia do secretário, a Prefeitura de Mari não regularizou a situação das mães das crianças deficientes já que as mesmas não sabem se na segunda-feira (09) terão carro para o tratamento das filhas.
Da Redação
Do ExpressoPB

Silvano Silva ✔

Obrigado pela visita!

Nenhum comentário:

Comente esta notícia!