ULTIMAS NOTÍCIAS
Forças Armadas causariam temor em presídios, diz Temer
quarta-feira, 18 de janeiro de 2017 Posted by Silvano Silva ✔



Em reunião nesta quarta-feira (18) com governadores da região Norte, do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul no Palácio do Planalto, o presidente Michel Temer afirmou que a atuação das Forças Armadas serão fator de "atemorização" em presídios do país.
Forças Armadas causariam temor em presídios, diz Temer


A reunião, convocada para discutir a crise de violência e rebeliões nas penitenciárias brasileiras, ocorre um dia após o governo anunciar que decidiu colocar as Forças Armadas à disposição dos governadores de todo o país para operações específicas em presídios.

"[As Forças Armadas] Serão, também, pela sua capacidade operacional extraordinária e até pela credibilidade que têm, serão fatores de atemorização em relação àqueles que estão nos presídios", disse Temer.

Na reunião, o presidente disse ainda que, em alguns presídios do país, há uma "desordem de maneira completa e integral" e que, por isso, a atuação dos militares nos presídios é necessária.

Ele ponderou, porém, que se não houver uma "conjugação de esforços" para solucionar a crise, de nada adiantará ter autorizado o uso das Forças Armadas. "Se não houver conjugação de esforços, não vamos ter ilusão de que a simples menção às Forças Armadas terá resolvido a questão. É puxar o primeiro fio do novelo", complementou.

Somente neste ano, mais de 130 presos morreram em motins e disputas de facções em presídios, principalmente no Norte e Nordeste. O encontro desta quarta é o primeiro de uma série de reuniões que Temer terá em Brasília com governadores de todo o país separadamente, em princípio, por região.

Participaram da reunião o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, os governadores Confúcio Moura (Rondônia), Waldez Góes (Amapá), Marcelo Miranda (Tocantins), Pedro Taques (Mato Grosso), Simão Jatene (Pará), José Melo (Amazonas), Suely Campos (Roraima) e Waldez Góes (Amapá), além das vice-governadoras do Acre e do Mato Grosso do Sul, Nazareth Araújo e Rosiane Modesto, respectivamente.

Os secretários de Segurança de Mato Grosso, Rondônia, Acre, Pará, Mato Grosso do Sul e Roraima também participaram do encontro com Temer.


G1

Silvano Silva ✔

Obrigado pela visita!

Nenhum comentário:

Comente esta notícia!