ULTIMAS NOTÍCIAS
By Silvano Silva ✔ | terça-feira, 18 de setembro de 2018 | Posted in | With 0 comments

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil/Agência Brasil
O número de crianças e adolescentes que usa a internet apenas pelo celular cresceu. Segundo a Pesquisa TIC Kids Online divulgada hoje (18), o percentual de jovens entre 9 e 17 anos que acessa a rede somente pelo telefone móvel chegou em 44%. No levantamento anterior, com dados de 2016, o índice era de 37%.
O estudo aponta que 85% da população nessa faixa etária utilizou a internet ao menos uma vez em três meses, um total de 24,7 milhões de crianças e adolescentes. Em movimento complementar, o uso do computador como forma de acesso à rede tem caído, de 60% na pesquisa anterior para 53% na atual.
A televisão ganhou importância, subindo de 18% para 25%. Para o gerente do Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (Cetic.br), Alexandre Barbosa, essa expansão acompanha “um movimento da indústria” de oferecer novos produtos. “O surgimento das televisões inteligentes que já vêm com um conjunto de aplicativos”, ressaltou.
O acesso pela internet somente pelo telefone móvel é maior nas classes de renda mais baixa, D e E, nas quais houve um aumento de 61% no estudo anterior para 67%. Na classe C, esse uso exclusivo é de 43% e nas classes A e B, de apenas 15%. Esse tipo de acesso também é maior no Norte (59%) e menor no Sudeste (39%).
Segundo o pesquisador do Cetic Fábio Senne, o uso da rede apenas pelo celular está ligado à falta de infraestrutura de conexão e a dificuldades econômicas das famílias. “Há fatores que têm a ver não só com a conectividade, mas também com questões de renda e nível sociodemográfico que explicam a opção pelo celular. Nos dá a entender que especialmente nas faixas de maior renda da população a opção é sempre pelo uso de celular e outros dispositivos”, explicou.
Barbosa enfatizou que o acesso feito unicamente por dispositivos móveis tem limitações. “O uso exclusivo pelo celular traz algumas limitações no que diz respeito ao desenvolvimento de novas habilidades digitais”.
Notícias e política
Pouco mais da metade dos jovens (51%) disse que lê notícias on-line. O índice é menor do que os que usam a internet para trabalhos escolares (76%). Porém o percentual é maior entre os adolescentes de 15 a 17 anos, chegando a 67%. Nessa faixa etária também é maior o número de jovens que fala sobre política (23%), enquanto no público geral é de 12%. “O país tem vivido nos últimos anos uma exposição a esse tema da vida política”, destacou Barbosa sobre os números.
Em 12 meses, 39% das crianças e adolescentes disseram ter visto alguém ser discriminado na internet. O percentual chega a 54% na faixa de 15 a 17 anos. O preconceito por cor ou raça é o mais relatado (26%), seguido pelo de aparência física (16%) e pelo da opção sexual (14%).
Para elaboração do estudo, foram entrevistadas 3,1 mil jovens e 3,1 mil responsáveis entre novembro de 2017 e maio de 2018.
Agência Brasil
By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments
A partir desta quarta-feira (19) o valor do botijão de gás de cozinha será reajustado e deverá atingir o valor de R$ 75 em todos os postos de revenda da Paraíba.
O Sindicato dos Revendedores de Gás do Estado da Paraíba (Sinregás-PB) explicou que o aumento de 4,4% se deve a um subsídio coletivo das distribuidoras de gás, que recebem o produto da Petrobras e repassam aos revendedores.
MaisPB
By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments


Chegou ao município de Mari, na zona da mata paraibana, nesta segunda-feira (17), uma ambulância no valor de R$ 80.000,00 (oitenta mil reais). Com a chegada do novo veículo, que já foi entregue ao povo pela prefeitura em evento realizado na tarde da última  segunda-feira, (17), o município recebe um importante reforço para o atendimento na área de saúde.

O veículo foi conseguido através do esforço do ex-vice-prefeito Jobson Ferreira e de sua esposa a vereadora Valesca Magalhães junto ao saudoso deputado Rômulo Gouveia que nunca mediu esforços para conseguir benefícios para o município.

A chegada do novo veículo veio a confirmar o que já havia sido divulgado com exclusividade pelo Portal Umari em matéria anterior, publicada no mês de julho e que pode ser conferida no seguinte link: http://www.portalumari.com/2018/07/ex-vice-prefeito-jobson-e-vereadora.html.







Da Redação do Portal Umari
By Silvano Silva ✔ | segunda-feira, 17 de setembro de 2018 | Posted in | With 0 comments
Presidente russo, Vladimir Putin, e presidente turco, Tayyip Erdogan, em Sochi 17/09/2018 Alexander Zemlianichenko/Pool via Reuters
Tropas russas e turcas estabelecerão uma nova zona desmilitarizada na província síria de Idlib da qual se exigirá a saída de rebeldes radicais, disse o presidente da Rússia, Vladimir Putin, nesta segunda-feira, depois de uma reunião com o presidente da Turquia, Tayyip Erdogan.
A Rússia, maior apoiadora estrangeira do presidente da Síria, Bashar al-Assad, em sua luta contra os rebeldes, vem se preparando para uma ofensiva em Idlib, cidade que é controlada por insurgentes e que abriga cerca de 3 milhões de habitantes.
Mas depois das conversas de Putin com o presidente turco, que se opôs a uma operação militar contra os rebeldes de Idlib, o ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, disse que não haverá mais uma ofensiva, segundo citação da agência de notícias Interfax.
Putin disse em uma coletiva de imprensa conjunta com Erdogan que, pelo acordo, todas as armas pesadas serão retiradas da zona tampão, e o que classificou como rebeldes de mentalidade radical, incluindo a Frente Al-Nusra, terão que se retirar da região.
A zona desmilitarizada entrará em vigor em 15 de outubro, disse Putin a repórteres em sua residência, situada no resort de Sochi, às margens do mar Negro. A zona, afirmou, terá entre 15 e 25 quilômetros de extensão e será patrulhada por unidade móveis de soldados turcos e russos.
Não ficou claro de imediato se a zona desmilitarizada incorporará a própria cidade de Idlib — o que exigirá a saída dos insurgentes em caso positivo.
Reuters
By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments
A operação conjunta envolvendo Policiais Rodoviários Federais das Superintendências da PB, RN e CE, além do Ministério Público Estadual da Paraíba, teve por objetivo intensificar a fiscalização aos transportes de escolares e de universitários nas rodovias federais
Policiais Rodoviários Federais das Superintendências da PB, RN e CE realizaram nos dias 30 e 31 de agosto de 2018 ações relativas a Operação Transporte Escolar Seguro nas cidades de João Pessoa/PB e
Campina Grande/PB, respectivamente.
Este trabalho, acompanhado por representantes do Ministério Público do Estado da Paraíba, teve como objetivo intensificar a fiscalização aos transportes de escolares e de universitários nas rodovias federais, sem deixar de exercer as demais atribuições da PRF quanto ao Código de Trânsito Brasileiro e os crimes previstos em lei.
Nas ações foram fiscalizados 39 veículos escolares, transportando cerca de 1200 estudantes. Foram flagrados 8(oito) veículos sem autorização do Detran-PB para transporte escolar, 15(quinze) motoristas sem o curso especializado exigido pela legislação e 9(nove) veículos transportando estudantes sem o uso do cinto de segurança. Além disso, foram lavrados 2(dois) BO’s pelo uso de ônibus escolar “Caminhos da Escola” com desvio de finalidade (enquadramento: improbidade administrativa) e 3(três) TCO’s em virtude dos motoristas não possuírem o curso especializado exigido pela legislação (enquadramento: exercício ilegal de profissão/atividade). As ocorrências serão todas encaminhadas ao Ministério Público do Estado da Paraíba para os procedimentos cabíveis.
MaisPb
By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) informou que começa a partir de domingo (23), em dez estados, o processo de bloqueio de celulares irregulares, aparelhos adulterados, roubados, extraviados e não certificados pela Anatel. Segundo a agência, que divulgou a informação hoje (17), a medida atinge os usuários de celulares de estados das regiões Centro-Oeste, Sul, Norte e Sudeste. No Acre, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Rondônia, Tocantins, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul, quem estiver utilizando aparelhos irregulares, vai começar a receber a partir deste domingo mensagens alertando sobre o problema.
Nesses estados, a medida vale para aparelhos irregulares habilitados a partir de 23 de setembro de 2018. Os aparelhos irregulares receberão a partir de domingo a seguinte mensagem, enviada pelo número 2828: “Operadora avisa: Pela Lei 9.472 este celular está irregular e não funcionará nas redes celulares em 75 dias. Acesse www.anatel.gov.br/celularlegal”
Já o bloqueio dos aparelhos será feito a partir do dia 8 de dezembro. A última mensagem, na véspera do bloqueio, apresentará o seguinte conteúdo: “Operadora avisa: Este celular IMEI XXXXX é irregular e deixará de funcionar nas redes celulares. Acesse www.anatel.gov.br/celularlegal”

Aparelhos certificados

De acordo com a legislação, todo aparelho celular em uso no país deve ser certificado ou ter sua certificação aceita pela Anatel. “Aparelhos celulares certificados passaram por uma série de testes antes de chegarem às mãos do consumidor. O usuário deve sempre procurar o selo da Anatel no verso da bateria do celular e também no carregador”, informou a assessoria da agência.
Com o bloqueio, a Anatel pretende coibir o uso de telefones móveis não certificados, com IMEI adulterado, clonado ou outras formas de fraude. Segundo a Anatel, os usuários que já têm aparelhos móveis irregulares habilitados não serão desconectados, caso não alterem o número.
IMEI (do inglês International Mobile Equipment Identity) é o número de identificação do celular. O IMEI DB, como é chamado, é acessado por fabricantes, operadoras e agências reguladoras de todo o mundo, razão pela qual aparelhos certificados em qualquer país têm o número de identificação.
Agencia Brasil 
By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments

O esporte é uma das ferramentas que pode ser responsável por promover a saúde e o bem estar, contribuindo para a formação física e emocional das pessoas.
Observando os benefícios proporcionados pelo esporte no meio social, a Prefeitura Municipal de Sapé, em parceria com a Associação Comunitária Nova Vida – ACNV apoiou a realização do VI Festival Internacional de Capoeira de Sapé.O evento aconteceu na sexta-feira, dia 14 de setembro, na Praça de Eventos Dr. João Úrsulo, localizada no centro da cidade, e contou com as presenças de vários mestres, representando diversas cidades.

SECOM/Sapé
By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments

Durante o programa Sem Censura da última sexta-feira (14), veiculado pela página do Canal Mari Sem Censura via Facebook, o professor Erick Augusto, residente na cidade de Mari, participou e expôs sua indignação a respeito das faltas quase que contínuas de vereadores, o que está resultando na não realização das sessões da Câmara do município, as quais deveriam ocorrer a cada quarta-feira, ou seja, uma vez por semana.


“É uma vergonha total essas faltas das sessões da Câmara... é o cúmulo se ganhar o que um vereador aqui em Mari ganha, para trabalhar quatro vezes por mês, enquanto um funcionário público assalariado ganha um salário mínimo pra trabalhar o mês todo! É uma vergonha total! Isso deveria acabar! Cada um deveria ganhar um salário mínimo e olhe lá! E quando faltasse, ser descontado no seu contracheque a não ser que se tivesse um atestado para abonar essa falta. Eu fico enojado mesmo! Uma vergonha! Mas como infelizmente estamos no Brasil com bê minúsculo, isso não vai ser a ultima vez que vai acontecer.” – disse o professor indignado com as falhas dos vereadores que tem faltado quase que continuamente às sessões.



Veja no vídeo abaixo o trecho do programa em que participa o professor Erick Augusto:




Da Redação
do Portal Umari
By Silvano Silva ✔ | domingo, 16 de setembro de 2018 | Posted in | With 0 comments

Novidade na disputa deste ano, a propaganda política nos meios digitais tem sido explorada pela maioria dos candidatos a presidente diante da diminuição do tempo dedicado ao programa eleitoral gratuito no rádio e na televisão.
Até o momento, segundo informações apresentadas à Justiça Eleitoral,foram desembolsados R$ 2,68 milhões em serviços de impulsionamento nas redes sociais, em canais como Facebook, Instagram e Twitter.
O candidato que mais gastou no universo online foi Henrhttps://www1.folha.uol.com.br/poder/2018/07/presidenciaveis-com-menos-de-2-de-intencao-de-voto-usam-mais-anuncios-pagos.shtmlique Meirelles, do MDB, que investiu um montante de R$ 1,16 milhões, quase a soma do que gastaram juntos todos os seus adversário à sucessão do presidente Michel Temer.
O investimento, contudo, não surtiu ainda efeito nas pesquisas eleitorais. A última edição do Datafolha, divulgado na sexta-feira (14), mostrou Meirelles com apenas 3% das intenções de voto. O emedebista tem financiado a sua campanha com recursos próprios.
Na sequência, entre os que mais gastaram com impulsionamento digital, aparecem Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com R$ 571 mil, Geraldo Alckmin (PSDB) com R$ 300 mil, João Amoêdo (Novo) com R$ 268 mil e Guilherme Boulos (PSOL) com R$ 150 mil.
A Justiça Eleitoral barrou no final do mês passado a candidatura de Lula com base na Lei da Ficha Limpa. Como seu substituto, Fernando Haddad, só oficializou sua candidatura na última terça-feira (11), as despesas ainda aparecem em nome do ex-presidente petista.
Em primeiro lugar nas pesquisas eleitorais, Jair Bolsonaro, do PSL, informou ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) não ter gasto com impulsionamento digital. Ele é o candidato com o maior número de seguidores tanto no Facebook como no Twitter.
No Facebook, por exemplo, ele tem 6,1 milhões de seguidores, enquanto Lula tem 3,8 milhões, Amoêdo tem 2,4 milhões e Alckmin tem 1 milhão.
A Justiça Eleitoral autorizou pela primeira vez neste ano a propaganda eleitoral na internet, o que inclui pagar para exibir anúncios eleitorais ou impulsionar publicações. Ela autorizou também o uso pelas campanhas eleitorais de sites, e-mails, blogs e aplicativos de mensagem.
O conteúdo, quando é impulsionado, acaba sendo exibido nos perfis de públicos específicos, usuários que não precisam necessariamente ter curtido ou estar seguindo a página do candidato. Ele pode direcioná-lo ao internauta de seu interesse, de acordo com gênero, idade e região.
nova regra estabeleceu que apenas candidatos, partidos e coligações podem fazer a propaganda, fornecendo dados sobre sua identidade eletrônica à Justiça Eleitoral. É proibido impulsionar conteúdo eleitoral em perfis falsos e em páginas ligadas a empresas e a entidades da administração pública.
A primeira parcial de gastos e despesas entregue à Justiça Eleitoral também mostra que os candidatos a presidente gastaram, até o momento, um valor total de R$ 41,2 milhões com empresas de marketing para a propaganda televisiva.
Os maiores desembolsos foram feitos por Alckmin (R$ 15 milhões) e por Meirelles (R$ 10 milhões), candidatos que estão entre as três maiores fatias do tempo de televisão e de rádio que é destinado à propaganda eleitoral gratuita.
Folha de São Paulo 
Gustavo Uribe
By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments

Uma cena digna de várzea marcou o movimentado clássico entre Vasco Flamengo, disputado no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Na metade final do segundo tempo, o volante vascaíno Bruno Silva se chocou com o companheiro de equipe Luiz Gustavo e caiu desacordado. 
Após receber atendimento médico no gramado, Bruno foi encaminhado para fora do campo, mas com um problema: a ambulância que transportava o atleta não arrancou e os jogadores dos dois times precisaram se unir para empurrar. 
Como já havia efetuado as três substituições, o Vasco precisou ficar com 10 homens em campo – condição igual a do Flamengo, que teve Diego expulso mais cedo. Ainda não se sabe sobre o estado de saúde de Bruno Silva. 



A partida terminou empatada em 1 a 1.
Zero Hora 

By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments

Mais um dos 92 fugitivos da Penitenciária de Segurança Máxima Romeu Gonçalves Abrantes, o PB1, foi preso pela Polícia Militar.
O foragido responde por roubo e estava escondido embaixo da cama na casa da esposa, no Valentina, bairro de João Pessoa, quando foi localizado policiais da Força Regional no final da tarde de sábado (15).
A primeira informação recebida pelas autoridades dava conta que o criminoso estava nas proximidades do Parque Cowboy, o que facilitou o seu encontro. O casal foi conduzido para a Central de Flagrantes.
A Secretaria de Administração penitenciária, neste domingo (16), atualizou a lista de detentos recapturados após a fuga em massa acontecida na madrugada da última segunda-feira.
Ao todo, 47 presos foram reconduzidos à unidade prisional, enquanto 45 ainda não foram encontrados. Desde quinta-feira que nenhum deles era recapturado. Confira a lista:



Paraiba.com.br/
By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments
A três semanas de uma das eleições mais curtas e disputadas da história do país, há um contingente populacional capaz de definir o nome dos dois presidenciáveis que seguirão para o segundo turno. Trata-se de pelo menos 68 milhões de votos, quase metade do total registrado no cadastro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgado em agosto. É tanta gente que, para dimensionar a grandeza, seria preciso somar todos os moradores de São Paulo e Minas Gerais, os dois estados mais populosos do país.

Para chegar ao número, o Correio cruzou dados das pesquisas mais recentes na tentativa de identificar eleitores capazes de serem capturados por um candidato. Eles estão entre aqueles que preferiram não escolher um nome ou estão indecisos, somados com quem apontou para um político, mas não tem tanta certeza — neste último grupo, o percentual chega a 45%. Antes de buscar o resultado, foi retirado do cálculo o último índice de abstenção nacional na votação de 2014 (19,12%).

A conta precisaria ainda incorporar uma série de variáveis impossíveis de serem testadas a curto prazo. Como livre exercício sobre o comportamento ao longo da campanha, entretanto, é possível apresentar as estratégias dos candidatos para amarrar o eleitorado. “A eleição não está definida. Ainda há uma parcela razoável de gente que vai entrar na campanha”, diz Jairo Nicolau, professor de ciência política da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). E aqui é que se estabelecem e se abandonam as estratégias. O primeiro candidato a perceber a importância dos votos consolidados foi Ciro Gomes (PDT).

Há três semanas, o pedetista partiu para cima do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) e dos eleitores do capitão reformado do Exército. O plano era ganhar pontos com os apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), na época ainda na disputa eleitoral. Afinal, na cabeça dos estrategistas de Ciro, era mais fácil crescer sobre o eleitorado petista do que tirar votos de Bolsonaro. A ação precisou ser revista pouco tempo depois com o atentado à faca em juiz de Fora (MG) e a certeza cada vez maior de que o deputado garantiu uma das vagas no segundo turno. Não que as críticas a Bolsonaro diminuíram, mas passaram a ser divididas entre os adversários com potencial de segundo turno, como Marina Silva (Rede), Geraldo Alckmin (PSDB) e Fernando Haddad (PT), o favorito para buscar votos de Lula.

Confusão

Arte: CB/D.A.Press
Arte: CB/D.A.Press

Em artigo publicado na Associação dos Docentes da UFRJ, Nicolau disse que esta é a eleição mais confusa desde 1945. “Uma eleição de ilusões apagadas”, escreveu o professor. O curioso é que a estratégia de Alckmin, Haddad e Marina também passa pela pancada em Bolsonaro. O que muda é a distribuição de ataques entres os três, revelando a candidata da Rede mais econômica nas críticas ao tucano e ao petista. “Tem muito voto voando”, afirma Antonio Augusto de Queiroz, diretor de documentação do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap). Apontar sem muita convicção para um candidato pode descambar no voto útil às vésperas da eleição. No caso da atual campanha, é possível dividir os candidatos por grupos a partir dos desempenhos nas pesquisas de intenção de votos.

No primeiro grupo, quase garantido no segundo turno, estaria Bolsonaro. Um segundo bloco pode ser representado por Ciro, Marina, Alckmin e Haddad. A terceira turma enquadraria Alvaro Dias (Podemos), João Amôedo (Novo) e Henrique Meirelles (MDB). “À medida que as eleições se aproximam, o eleitor começa a tornar o voto mais racional. Isso pode significar a aposta em um candidato melhor posicionado, que tiraria votos de um com pior performance”, diz Queiroz. A pesquisa Datafolha do início da semana mediu a certeza de votos para Bolsonaro (74%), Haddad (67%), Ciro (42%), Alckmin (40%) e Marina (29%). Não à toa, a candidata da Rede é a que mais tem perdido votos nos últimos levantamentos.

Entradas

A partir da análise da última pesquisa presidencial do Ibope, o professor Jairo Nicolau identificou que o grupo formado por eleitores de baixa renda e escolaridade é o mais suscetível a mudanças de votos. “É como se eles ainda não tivessem entrado na eleição, pois está fragmentado e sem um candidato dominante.” Segundo ele, o político que conseguir buscar esse bloco, “provavelmente”, estará no segundo turno. Tal perfil do eleitorado, historicamente, acompanhava mais o PT de Lula, mas é difícil que Haddad consiga puxar esses votos para ele. “Caso contrário, vamos viver uma experiência inédita: uma eleição em que os apoios dos mais pobres e menos escolarizados não vão em massa para um dos concorrentes.”

A votação atribuída a Bolsonaro, segundo Nicolau, segue um padrão apresentado por candidatos do PSDB e da própria Marina, crescendo à medida que a escolaridade aumenta. “Sem Lula, o eleitor tradicional do PT até agora não se movimentou em direção a qualquer candidato. Ou seja, uma das maiores dúvidas dessa eleição será a capacidade de transferência dos votos de Lula para Haddad. É nisso que os candidatos mais à direita ou mais à esquerda buscam. Os votos ainda estão soltos, como se voassem.”

Correio Braziliense