ULTIMAS NOTÍCIAS
By Silvano Silva ✔ | quarta-feira, 22 de outubro de 2014 | Posted in | With 0 comments


A operação Voto Seguro II, terá o mesmo reforço utilizado durante o primeiro turno, com 4.561 policiais.
Divulgação/Murilo Vasconcelos Divulgação/Murilo Vasconcelos
Os policiais militares que irão reforçar a segurança durante as eleições, nas 223 cidades da Paraíba, começaram a embarcar nesta quarta-feira (22). A operação Voto Seguro II, terá o mesmo reforço utilizado durante o primeiro turno, com 4.561 policiais. O embarque das tropas teve início às 8h, quando dois ônibus sairam do Centro de Educação da Polícia Militar, no bairro de Mangabeira, na Capital, com destino às cidades de Catolé do Rocha e Sousa.

A maior parte do reforço viaja nesta quinta-feira (23). Os embarques pela manhã serão realizados a partir das 7h, com o reforço para as cidades de Itaporanga, Princesa Isabel, Cajazeiras, Patos e Monteiro. À tarde serão distribuídos os policiais que vão trabalhar nas cidades de Campina Grande e Queimadas.

A previsão é que até a sexta-feira (24), todos os policiais militares já estejam distribuídos nas cidades para receberem as urnas dos 1.761 locais de votação. A Polícia Militar atua na guarda de urnas, policiamento próximo aos locais de votação e nas ações preventivas para inibir os principais crimes eleitorais.

Durante a operação a PM contará com quase duas mil viaturas circulando, entre carros e motos. Mesmo com o reforço por causa do pleito, o policiamento nas ruas continua de forma normal, já que o efetivo empregado exclusivamente na eleição foi mobilizado dos setores administrativos, diretorias e plantões extraordinários.

Balanço
No primeiro turno, a operação Voto Seguro I foi encerrada com 41 atendimentos a ocorrências eleitorais em todo Estado, de 1º a 6 de outubro. Entre os registros estavam suspeita de compra e venda de votos, alteração/falsificação de documentos com fins eleitorais, aliciamento de eleitores, transporte irregular de pessoas para votar, desordem e desobediência à Justiça Eleitoral - condutas em desacordo com a legislação eleitoral.

 Jornal da Paraiba
By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments

Um filhote de porco nasceu com uma espécie de tromba em uma fazenda no distrito de Longtan, na província de Jilin, na China, e ganhou o apelido de "porco elefante". Fotos do animal se espalharam pelo Weibo, rede social chinesa.
Alguns internautas comparação o nascimento do porquinho de tromba com um episódio de South Park, série americana conhecido por seu humor satírico, no qual um elefante faz sexo com uma porca, gerando uma criatura bizarra.
G1
By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments


Um homem foi assassinado com vários tiros no município de Pitimbu, litoral Sul do Estado, na noite desta terça-feira (21).
O jovem sofreu vários tiros na cabeça e, segundo informações ele praticava furtos na região.
Com Pedro Callado

By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments


Robinho é investigado na Itália por envolvimento em estupro  Segundo o jornal milanês Corriere della Sera desta quarta-feira, o atacante Robinho, do Santos, está sendo investigado na Itália por suposto envolvimento em um caso de estupro coletivo, em janeiro de 2013, quando ainda defendia o Milan. A publicação afirma que o promotor Stefano Ammendola chegou a pedir a prisão do jogador.

A juíza Alessandra Simion, no entanto, negou o pedido de prisão justificando que ainda não há evidências suficientes, que Robinho não possui antecedentes criminais e que o atacante, por estar no Brasil, não está atrapalhando as investigações.

Uma jovem brasileira de 18 anos relatou à polícia local ter conhecido o atacante em um restaurante em Milão, onde Robinho estaria com sua mulher e cinco amigos. Na mesma noite, o atleta teria deixado a mulher em casa e retornado ao local. Algumas horas depois, o grupo teria forçado a mulher a ter relações sexuais.

A jovem só teria denunciado o caso seis meses depois, já em julho de 2013, após o fim da temporada europeia. Em agosto de 2014, o atacante deixou o Milan e acertou sua transferência para o Santos.
Terra
By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments
201410220835450000001667A cidade de São Bento, no Sertão paraibano, região polarizada por Catolé do Rocha registrou o assassinato de um jovem, cerca de 12 horas após a execução de um homem. Os dois crimes aconteceram nessa terça-feira, 21 e, até a manhã desta quarta-feira a polícia ainda não tinha informações sobre a autoria dos dois homicídios.
O assassinato de Bruno da Costa Bezerra, 18 anos ocorreu no período da noite no Bairro São Bentinho, na periferia de São Bento. “Bruno Pica-Pau”, como o jovem era conhecido, foi atingido por vários disparos de armas de fogo.
201410220841260000009418Outro crime – No final da manhã de ontem era registrado o primeiro assassinato em São Bento. Edgar Fernandes Garcia, que também era conhecido por “Gazim”, foi morto dentro de uma oficina, na Praça Álvaro Silva (Rua Velha), centro de São Bento.
Familiares da vítima de“Gazim” que morava no bairro Bosque do Piranhas, em São Bento, estiveram no local, mas nada informaram a polícia sobre as razões do crime, nem a autoria do crime.
Os corpos de Bruno Pica Pau e Gazim foram levados para a Unidade de Medicina Legal, na cidade de Patos.

Com São Bento em Foco
By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments

Mais de 7 mil paraibanos ainda estão retidos na malha fina, diz Receita
 Mais de 7 mil paraibanos ainda estão retidos na malha fina, segundo a Receita Federal. De acordo com o delegado da Receita Federal na Paraíba, José Honorato, a pendência pode ser resolvida pela internet, por meio do portal da Receita, no caso das despesas serem comprovadas por documentos, e pessoalmente na sede da Receita, quando não há comprovação.



Para José Honorato há dois tipos de contribuintes retidos na malha fina: os que reconhecem a retenção e os que têm como comprovar os ganhos e gastos. “Existe aquela em que o contribuinte se convence verificando de que a Receita está correta e que ele se equivocou. Neste caso, ele faz uma retificadora online. Caso ele tenha como comprovar que tem a razão, então ele poderá juntar a documentação e apresentar na Receita”, comentou.


O delegado ressaltou ainda que não são apenas as pessoas que têm a restituição a receber que devem se preocupar com a malha fina, uma vez que os contribuintes que têm impostos a pagar precisam saber se estão com alguma pendência. A consulta de pendências pode ser feita também pelo portal da Receita Federal. A orientação é de que o contribuinte apresente os comprovantes de gastos e rendimentos antes de ser intimado pela Receita, pois depois da intimação é cobrado uma multa de 75% em cima do valor apurado e considerado não declarado pelo órgão fiscal. Dois lotes de restituição devem ser liberados até o final do an, previstos para os dias 17 de novembro e 15 de dezembro.


G1
By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments

urna-redes-sociais1O cientista político, José Henrique Artigas, comentou em entrevista ao portal paraiba.com.br que as redes sociais se mostraram mais ativas que nas eleições passadas, mas que ainda não são um ‘ambiente que possa ser decisivo’, além disso, ele apontou o uso para ‘fazer o trabalho sujo’, pois não existe regulação dessa mídia.
Apesar de não ser um fenômeno inesperado, Artigas explicou que o emprego das redes sociais se mostrou mais ativo que nas eleições passadas, mas apontou que elas ainda não são um ambiente que possa ser decisivo no apoio aos candidatos. Mesmo havendo uma intensificação, para o cientista, as redes sociais são muito seletivas e o internauta acaba ‘sintonizado’ com pessoas que tem uma ideologia mais próxima, por isso a questão das intenções de voto não é tão forte quanto no rádio e na TV.
“Pesquisas feitas sobre o poder da internet, mostram que elas (as redes sociais)  tem um a importância relativa, mas que chega no máximo a 15%. “É pequena. Se observar a campanha de Obama qeu foi a que mais utilizou na história, as redes sociais, vemos que foi investido 8%, muito pequeno em relação a rádio e TV”, conta.
Para o cientista, as redes socias serviram para ‘fazer o trabalho sujo’. Coisas que a lei eleitoral não permite falar na TV e no Rádio é falado nas redes sociais. “Isso tem influenciado na rejeição dos candidatos, no ataque as pessoas sem provas, denúncias vazias, factóides e acabam recorrendo para a internet que é um espaço não controlado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE)”, diz e completa: “O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e o TSE tem vetado uma série de propagandas de ambas as candidaturas para colocar um limite, mas nas redes sociais essa regulação não existe”, frisa.
Quem se beneficiou da campanha nas redes sociais em âmbito nacional, foi o PT, pois, de acordo com Artigas, existe uma militância voluntarista, pessoas que individualmente resolvem fazer campanha, além da militância nas redes sociais mais aguerrida e voluntarista, não são contratados, mas fazem campanha.
“Elas tem um impacto que ainda não é decisivo, mas influente. Ao que parece, elas tem muito mais impacto para desconstruir candidaturas que para construir alternativas. São mais negativas que positivas para as candidaturas”, é a impressão que o cientista diz ter.

Com Paraiba.com.br
By Silvano Silva ✔ | domingo, 19 de outubro de 2014 | Posted in | With 0 comments

Horário de verão começa no domingo, alterando alguns serviços na Paraíba
 Desde a zero hora deste domingo está em vigor o horário de verão. Os relógios foram adiantados em uma hora no Distrito Federal e em dez estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. O horário de verão vai valer por 126 dias, até 22 de fevereiro de 2015, quarto domingo do mês. Será estendido em mais uma semana para o seu fim não coincidir com o carnaval. A escolha dos domingos para início e término do horário de verão é para facilitar a adaptação das pessoas às mudanças. Com o início do regime, o Brasil passa a ter três fusos horários. No primeiro, com a hora de Brasília, estão os estados das regiões Sul, Sudeste, além de Goiás. No segundo, com uma hora a menos, estão os estados do Nordeste, mais Pará, Amapá, Tocantins, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. E, no último, com duas horas a menos, estão Acre, Amazonas, Roraima e Rondônia.

A Paraíba mesmo não precisando adiantar os ponteiros dos relógios em uma hora, o horário de verão, implicará em alterações em alguns serviços. Os paraibanos devem estar atentos aos horários de voos dos aeroportos e ao funcionamento dos bancos que obedecem o horário de Brasília. A apresentação do Guia Eleitoral também será antecipada em uma hora a partir do próximo domingo. Embora a Paraíba não adote a mudança de horário a exibição do programa seguirá o horário de Brasília. Os guias eleitorais serão exibidos às 6h e às 11h no rádio, e às 12h e às 19h30 na televisão.

Porém a mudança de horário, entretanto, se dará apenas no que diz respeito ao Guia Eleitoral. A votação no dia 26 de outubro seguirá o horário local permanecendo das 8h às 17h.

Com a chegada do horário de verão neste domingo (19), a grade das TVs Cabo Branco eParaíba passará por alterações. Todos os programas locais serão antecipados. De segunda a sexta-feira, o Bom Dia Paraíba será exibido às 6h. Já de segunda-feira a sábado, o JPB 1ª Edição vai ao ar às 11h, enquanto o JPB 2ª Ediçãocomeçará às 17h50. O Globo Esporte, por sua vez, terá início às 11h35. A apresentação do Guia Eleitoral também será antecipada para as 12h e às 19h. O horário de verão se estende até o dia 22 de fevereiro de 2015.

Com oPBAgora
By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments

By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments

Segundo repasse do FPM apresenta aumento de 16,2% em relação ao valor destinado em 2013


dinheiro tributoOs 223 municípios paraibanos estarão com os cofre cheios na segunda-feira (20) quando receberão o segundo repasse a segunda parcela do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) do mês.
De acordo com informações da Confederação Nacional de Municípios (CNM), considerando o porcentual destinado ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), o montante a ser partilhado é de R$ 19.459.769,44. Ao incluir essa retenção, em valores brutos, o montante chega R$ 24.324.711,80.
O maior repasse será para João Pessoa que recebe na segunda-feira o valor de R$ 2.556.717,34; Campina Grande aparece logo após com o segundo maior repasse, R$ 640.714,24; Santa Rita terá R$ 312.737,27 e Patos R$ 277.988,68; Cabedelo e Sousa terão R$ 208.491,51 nos cofres.
Já Cajazeiras e Guarabira receberão R$ 191.117,22, cada. Todos esses valores já constam os descontos com o Fundeb. Uma das prefeituras paraibanas que receberão o menor repasse é Zabelê com R$ 52.122,88.
Jornal Correio da Paraíba
By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments

A Prefeitura Municipal de Sapé, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, que tem como titular a primeira dama Wiviane Paiva, inaugurou no último dia 17/10 o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, em Inhauá, na zona rural deste município.
A solenidade de inauguração das novas instalações do SCFV teve início às 19h e contou com as presenças do prefeito Roberto Feliciano, da primeira dama Wiviane Paiva, do vice-prefeito Edson Figueiredo, da subsecretária Patrícia Eugênia, dos secretários municipais Romero Baunilha (Comunicação); Geminiano Limeira (Saúde); Maria das Graças Feliciano (Administração), além da presença de vereadores da bancada de sustentação do governo municipal: Josa Coelho, Luiz Limeira Neto, Leandro Viana, Paulo Ferreira, Maria das Graças e Cibele Cabral.
O evento que foi prestigiado pela comunidade de Inhauá, contou com a participação do “Coral da Melhor Idade – Augusto dos Anjos”; Grupo de Capoeira; Grupo de Karatê e a cantora Ivoneide Batista, que deram movimentação especial e foram aplaudidos pela plateia.
Fazendo uso da palavra o prefeito Roberto Feliciano enfocou diversas ações de sua parte em prol do povo de Inhauá, destacando: construção de um ginásio esportivo; construção de uma praça na comunidade Carrasco (em andamento); abastecimento de água; aquisição de uma ambulância e a construção de um PSF (já inaugurado). “Fizemos muito mais em menos de dois anos do que os 08 anos das gestões anteriores”, pontuou o prefeito.
Quem também falou aos presentes foi o vice-prefeito Edson Figueiredo, elencando  os feitos do prefeito Roberto, que segundo ele tem tido a

capacidade extraordinária de diálogo constante com as diversas categorias e sindicatos de servidores. O vice-prefeito também se reportou as diversas obras que estão sendo feitas pela prefeitura, reconhecendo que é necessário se fazer muito mais. “Sabemos do tamanho do desafio de fazer cada vez mais”, disse Edson.
Em suas palavras a secretária de Desenvolvimento Social, Wiviane Paiva, arrematou: “o prefeito Roberto Feliciano está transformando, aos pouquinhos, o nosso município”. A titular da passa também agradeceu o empenho de toda a sua equipe e de parceiros como o CREAS, o CRAS e das secretarias do município. “Estamos recebendo críticas e respondendo com o trabalho. Este prédio que hora restauramos, o encontramos sucateado e abandonado, mas com amor e esforço conseguimos entregá-lo a esta comunidade”, desabafou a secretária Wiviane.
Entre os vários momentos de emoção expressos nos discursos, destaque para a coordenadora social Maria José, que arrematou com veracidade: “Um dia, quando da vinda da secreária Wiviane a este distrito, nós pedimos para este prédio uma porta e reparos no telhado, e agora, ganhamos uma obra completa”, disse, recebendo aplausos calorosos da plateia. O prédio do SCFV - Serviço de Convivência e fortalecimento de Vínculos em Inhauá conta agora com salas climatizadas, piso em cerâmica, 3 banheiros, computador, acessibilidade, cadeiras e outras mobílias novas, portas novas, jardins e novas luminárias. Belos quadros pintados por artista da terra estão expostos na área interna. Já a parte externas ganhou também pinturas especiais.
DA REDAÇÃO DO INTERIORANO Créditos: João Victor






Com o Interiorano

By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments

(Foto ilustrativa)
(Foto ilustrativa)
Em meio ao agravamento da situação nos reservatórios das principais hidrelétricas do país, entra em vigor nesta domingo (19) o horário de verão. A expectativa do governo é que a redução no consumo de energia no período contribua com uma queda de 0,4% no uso da água dessas represas.
A 39ª edição do horário de verão terá duração de 126 dias e terminará no dia 22 de fevereiro. À 0h (meia-noite) de sábado para domingo, os moradores de dez estados, além do Distrito Federal, terão que adiantar os relógios em uma hora.
Economia de água
Para especialistas do setor elétrico, a economia de água dos reservatórios das hidrelétricas, apesar de pequena, é importante diante do cenário de crise. Por conta da falta de chuvas, na quinta (16) o nível nos reservatórios do Sudeste e Centro-Oeste, que respondem por 70% da capacidade do país de gerar energia, estava em 22,09%, o pior resultado para essa época desde 2001, quando o país passou por racionamento.
“Essa economia [de 0,4%] não é de se jogar fora diante da atual circunstância”, diz Roberto Brandão, pesquisador do Grupo de Estudos do Setor Elétrico (Gesel), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).
“Os benefícios não são gigantescos, mas ainda são significativos, continua valendo a pena. Qualquer economia de água dos reservatórios é válida”, diz o presidente do instituto, Claudio Sales.
De acordo com dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), entre 2010 e 2014 o horário de verão resultou em economia de R$ 835 milhões para os consumidores, devido à eletricidade que deixou de ser gerada pelo uso da luz do sol. Para a edição 2014/2015 do horário de verão, a economia estimada é de R$ 278 milhões, 31% menos do que na edição passada (R$ 405 milhões).
Esses valores, porém, são muito pequenos diante dos gastos do setor elétrico e não chegam ter impacto nas contas de luz. Apenas os empréstimos bancários para fazer frente aos gastos extras no setor elétrico em 2014 vão custar aos consumidores R$ 26,6 bilhões, de acordo com o Tribunal de Contas da União (TCU).
Benefícios
Além da economia de energia, o governo defende a manutenção do horário de verão alegando que a medida evita investimentos de cerca de R$ 4 bilhões ao ano, com mais geração e sistemas de transmissão de eletricidade. Segundo o Ministério de Minas e Energia, ele permite um melhor aproveitamento da luz solar e “maior racionalidade no uso da eletricidade.”
Outra vantagem, diz o ministério, é o aumento da segurança do sistema elétrico e maior flexibilidade para a realização de manutenções, além de redução da pressão sobre o meio ambiente e nas tarifas cobradas pelo serviço. O horário de verão foi aplicado no Brasil pela primeira vez no verão de 1931/1932.
Consumo na ponta
Entretanto outro efeito do horário de verão, que é o de evitar picos de consumo de energia no chamado horário de ponta (entre 18h e 21h), “perdeu um pouco da relevância” nos últimos anos, aponta Roberto Brandão, da UFRJ.
Por conta do aumento no uso do ar-condicionado no país, mais recentemente os picos de consumo de eletricidade durante o verão começaram a ser registrados no início ou meio da tarde, entre 14h e 16h. Na quinta (16), por exemplo, ele aconteceu às 14h47, informou Brandão.
No passado, esse pico era registrado entre 18h e 21h, devido ao aumento do consumo gerado pelo uso de eletrodomésticos quando as pessoas saem do trabalho e voltam para as suas casas, junto com a iluminação pública nas cidades.
“Nos últimos anos, o horário de verão perdeu um pouco da sua relevância porque houve mudança no padrão de horário de ponta no Brasil”, diz o pesquisador. Ele aponta, porém, que continua sendo importante equilibrar a demanda por energia no fim do dia.
Para o professor de engenharia elétrica da Universidade de Brasília (UnB), Rafael Shayani, o horário de verão continua sendo importante para “evitar a sobrecarga” do sistema elétrico durante o verão e até mesmo apagões. “O horário de verão é necessário na medida em que a demanda por energia no Brasil está crescendo e o setor elétrico não consegue acompanhá-la. Ela visa evitar um apagão”, diz ele.
Com G1