ULTIMAS NOTÍCIAS
Álvaro Filho e Thiago são campeões no Uruguai
segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014 Posted by Silvano Silva ✔

Álvaro Filho e Thiago são campeões no Uruguai

 Não poderia ser mais promissora a volta da dupla Thiago/Álvaro Filho, que foi desfeita há 11 meses depois que o paraibano aceitou o convite para formar parceria com o campeão olímpico Ricardo. Neste domingo, eles jogaram bem e foram campeões da terceira etapa do Circuito Sul-Americano de Vôlei de Praia 2014, em Montevidéu (URU). Uma campanha invicta, com seis vitórias em seis jogos e apenas um set perdido.

Na temporada passada da competição, inclusive, Thiago e Alvinho chegaram a jogar três etapas juntos, subindo ao lugar mais alto do pódio em Lima (PER) e ficando em segundo em Santa Fé (ARG). Agora, na Praia de Pocitos, na capital uruguaia, eles conquistam o segundo título da parceria, que já será vista em areias brasileiras pela oitava e penúltima etapa do Circuito Banco do Brasil Open, no próximo fim de semana, em João Pessoa (PB).

O carioca Thiago, que é federado por Santa Catarina, e o paraibano Álvaro Filho chegaram à decisão em Montevidéu após travarem um complicado duelo contra os argentinos Julian Azaad e Ian Mehamed pelas semifinais. No fim, vitória de virada por 2 a 1, parciais de 24/26, 21/19 e 15/8, e o único set perdido no torneio. Final contra os primos chilenos Marco e Esteban Grimalt, que tinham batido Bruno/Hevaldo na outra semi.

E aquela química mostrada por Thiago e Alvinho na época em que jogaram juntos se confirmou até a grande final, quando eles não deram qualquer chance para a dupla chilena. Em dois sets impecáveis, eles venceram por 2 a 0, parciais de 21/14 e 21/16, e garantiram mais um título para o Brasil, repetindo o feito de Allison/Guto na etapa de abertura, realizada em Macaé (RJ).

Bruno e Hevaldo, que, atualmente, formam a dupla masculina mais duradoura do vôlei de praia brasileiro (juntos desde 2012), completaram o pódio ao garantirem o terceiro lugar. Depois de perderem nas semifinais para Marco e Esteban Grimalt por 2 a 0, com um duplo 21/18, eles asseguraram o bronze ao baterem Julian Azzad e Ian Mehamed por 2 a 1, parciais de 21/15, 18/21 e 15/8.

Elize Maia e Fernanda Berti são superadas por argentinas na final Na final feminina, um grande jogo, daqueles difíceis de se apontar um vencedor. Tanto que o primeiro set teimava em não terminar. Com alguns set points para ambos os lados, Ana Gallay e Georgina Klug (ARG) acabaram largando na frente de Elize Maia e Fernanda Berti com um 30/28. Vantagem que deu mais tranquilidade à dupla argentina, que fechou o segundo com um 21/17 e sagrou-se campeã. Na semi, Elize e Fernanda já tinham batido Fabiana Gomez e Lucia Guigou (URU) por 2 a 0 (21/18 e 21/17).

Se Neide e Carol Horta, campeãs da primeira etapa, deixaram escapar a chance de chegar a mais uma final, perdendo na semi justamente para Ana Gallay e Georgina Klug por 2 a 1, de virada (17/21, 23/21 e 15/12), ao menos garantiram para o Brasil mais uma valiosa medalha. Na decisão de terceiro lugar contra as anfitriãs Fabiana Gomez e Lucia Guigou, mais uma partida decidida no tie break, mas, desta vez, com vitória (22/20, 11/21 e 15/10).


Gazeta Press

Silvano Silva ✔

Obrigado pela visita!

Nenhum comentário:

Comente esta notícia!