ULTIMAS NOTÍCIAS
Polícia prende acusado de balear PM durante roubo a mercadinho
sexta-feira, 2 de maio de 2014 Posted by Silvano Silva ✔


03A Polícia Civil da Paraíba prendeu nesta quarta-feira (30) Robson Antônio da Silva Júnior, 26 anos, acusado de balear um soldado da Polícia Militar quando tentava roubar um estabelecimento comercial, em 3 de abril deste ano, no bairro do Costa e Silva, em João Pessoa. O mandado de prisão temporária foi expedido pela Justiça paraibana e cumprido na cidade de Monte Alegre, com o apoio da Polícia Civil do Rio Grande do Norte.
De acordo com o delegado Wagner Dorta, superintendente da 1ª Região Integrada de Segurança Pública (Reisp), Robson Antônio foi qualificado e interrogado no estado vizinho e trazido à Central de Polícia, na Capital paraibana, de onde deve seguir para o Presídio do Róger. “Nós já trabalhávamos em parceria com a Inteligência do Rio Grande do Norte, a fim de prendê-lo. Assim que foi localizado, na tarde de ontem, nos dirigimos a Monte Alegre e efetuamos a prisão por tentativa de latrocínio. Ele confessou, mas disse que não foi o responsável pelos disparos, apenas por subtrair a arma do policial que ficou ferido gravemente. Robson já é investigado também por outras ações no bairro do Costa e Silva e região, apesar de não ter passagem pela Polícia. Consideramos que ele é bastante perigoso”, frisou Dorta.
O delegado ainda acrescentou que o preso cometeu o crime em parceria com um homem identificado agora apenas por ‘Coroa Frank’, que está sendo procurado. “Além de ser envolvido em crimes contra o patrimônio, Robson admitiu que é usuário de cocaína e está sendo investigado também pela venda de entorpecentes. Ele próprio afirma a participação no ato criminoso com o intuito de pagar uma dívida de drogas à ‘Coroa Frank’”, complementou o superintendente.
O policial militar atingido pelo disparo de arma de fogo foi socorrido e permanece em situação grave no Hospital de Emergência e Trauma, em João Pessoa.

SecomPB

Silvano Silva ✔

Obrigado pela visita!

Nenhum comentário:

Comente esta notícia!