ULTIMAS NOTÍCIAS
Bélgica e EUA duelam por afirmação
terça-feira, 1 de julho de 2014 Posted by Silvano Silva ✔


Bélgica e EUA duelam por afirmação De um lado, a exaltada nova geração da Bélgica, com jogadores de grandes clubes europeus, campanha de 100% na fase classificatória, mas com atuações sem brilho; do outro, um time que sofreu para se classificar com um empate, uma vitória e uma derrota (levou a melhor sobre Portugal no saldo de gols), mas que alimenta o orgulho de uma nação americana cada vez mais apaixonada pelo “soccer”. Os Diabos Vermelhos enfrentam os EUA, nesta terça-feira, às 17h (de Brasília), na Arena Fonte Nova, em Salvador. As seleções lutam por uma vaga e também pela afirmação.

Apesar da confiança generalizada, os Estados Unidos fecharam a primeira fase com campanha descendente. Após estrearem com vitória sobre Gana, empataram com Portugal e foram derrotados pela Alemanha. Mesmo com resultados não tão animadores, a seleção passou pelo Grupo G e alcançou níveis de popularidade inéditos, com recordes de audiência na televisão americana e presença massiva de torcedores nos estádios brasileiros.


Para o técnico Klinsmann, esta empolgação dos fãs é fundamental para o elenco, que deve corresponder dentro de campo para que este efeito seja prolongado: - A energia que vem dos EUA e dos milhares de torcedores aqui também está sendo um motivador fantástico. Não há mais como impedir o crescimento do futebol nos EUA. Está sendo jogado lá há quase 20 anos, milhões de crianças jogam... A locomotiva desse desenvolvimento é a seleção, e queremos inspirá-los, entusiasmá-los. E em um jogo como este contra a Bélgica temos que ser agressivos, provar esse valor. Esse sucesso nos encoraja muito e não queremos desapontar esses torcedores. Queremos isso continuamente.

Entre os jogadores, um fator animador é o possível retorno de Jozy Altidore à equipe. Substituído na vitória sobre Gana com uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda, o atacante passou 12 dias em tratamento até ser liberado pelo departamento médico americano.


Já a Bélgica chega nas oitavas de final com 100% de aproveitamento na fase classificatória, depois de vitórias sobre Argélia (2 a 1), Rússia e Coreia (ambas por 1 a 0). Ainda assim, o técnico Marc Wilmots tem sido questionado repetidas vezes sobre as atuações sem brilho de sua equipe.

- Algumas pessoas diziam que Espanha era maravilhosa, agora...Eles ficaram durante seis anos no topo, ganharam tudo. Na vida, você tem altos e baixos. Fomos bem nas Eliminatórias, agora deixamos as pessoas reclamarem o quanto quiserem, não nos importamos. Se não ganharmos agora, vencemos depois. Percebendo que a equipe deu tudo em campo, eu não reclamo – disse o treinador belga.

Dúvida até o último treino antes do jogo, o capitão Komany deve jogar. Poupados contra a Coreia do Sul, Alderweireld, Witsel, De Bruyne, Lukaku e Hazard voltam ao time.

Bélgica e Estados Unidos se enfrentaram uma única vez em Copas, no distante ano de 1930, quando os americanos levaram a melhor.


Globoesporte.com

Silvano Silva ✔

Obrigado pela visita!

Nenhum comentário:

Comente esta notícia!