ULTIMAS NOTÍCIAS
Estratégia: Após fazer elogios a gestão de ex-prefeito, parlamentar é cogitada a ser vice na chapa dos Martins em Mari/PB
domingo, 20 de março de 2016 Posted by Silvano Silva ✔

Vânia-MMFoto: Facebook

Para uns estratégia, para outros oportunismo. Assim é como está sendo visto o comportamento político da vereadora Vânia de Zú da cidade de Mari, Zona da Mata da PB, que sonha em ser pelo menos candidata a vice-prefeita nas próximas eleições e para tal ‘flerta’ com todos os grupos políticos da cidade.
No sábado (12) durante entrevista a Rádio Constelação FM, a parlamentar não poupou elogios a gestão do ex-prefeito Antonio Gomes, logo o vídeo de sua entrevista foi encaminhado por sua assessoria para imprensa.
Ao elogiar Antonio Gomes, Vânia provocou medo no atual prefeito de sua debandada, daí Martins agiu rápido, tanto que após sua entrevista Marcos já passou a cogitá-la como possível vice de seu grupo e segundo fontes, abriu as torneiras em seu favor.
A vereadora Vânia de Zú conhece bem o “ponto fraco” do prefeito Marcos Martins, tanto que passou a pressioná-lo ao elogiar seu adversário. Estratégia ou não, o fato é que os elogios de Vânia a Antonio Gomes deu resultados positivos para ela que conseguiu se “capitalizar” junto aos Martins e já ganhou a condição de pré-candidata a vice-prefeita no momento, o que não lhe garante efetivamente a vaga, já que falta meses para as convenções e algo novo pode acontecer.
Esperta, Vânia não deixou seu partido – PDT – para se filiar ao PSB como queria Martins e até integrantes da cúpula socialista no estado. Ao não entrar no PSB, Vânia condiciona a sua permanência no grupo ao qual participa atualmente a condição de vice, caso não aconteça ela pode pular fora a qualquer momento, pelo menos esse é o recado a que deixa transparecer.
Acuado, Marcos Martins dá demonstrações claras de sua fragilidade política ao ceder a ‘pressão’ de Vânia demonstrando que não é mais o líder de outrora, some-se a isso o fato de que o mesmo não tem confiança na realidade atual de que seu grupo sairá vitorioso nas eleições deste ano.
Esse episódio é apenas o início de um processo em que Martins para tentar evitar a ‘sangria’ de lideranças de seu grupo ficará em permanente pressão dos que lhe rodeiam: “ou cede ou corro”.
Da Redação
Do ExpressoPB

Silvano Silva ✔

Obrigado pela visita!

Nenhum comentário:

Comente esta notícia!