ULTIMAS NOTÍCIAS
1° de Maio na Paraíba terá dia de luta por direitos e democracia
sábado, 30 de abril de 2016 Posted by Silvano Silva ✔



Com o tema "Na Luta por democracia e contra o golpe", o 1° de maio da Frente Brasil Popular da Paraíba vai reunir os movimentos sociais, estudantis, de mulheres, negros, LGBT, advogados, intelectuais, artistas, sindicalistas e  todos que estão na luta contra o golpe e a retirada de direitos trabalhistas, na orla de João Pessoa, com concentração às 13h, na Praça das Muriçocas, em Miramar. Mais de 10 mil pessoas são esperadas no evento.


De acordo com Paulo Marcelo, presidente da CUT-PB, as conquistas dos últimos 12 anos estão sendo ameaçadas. “Nos últimos 12 anos, trabalhadores e trabalhadoras não conquistaram tudo que queriam, mas tiveram conquistas importantes como o salário mínimo, que nunca teve um crescimento tão grande ao ponto de ter mais de 70% de ganho real. A agricultura foi um outro segmento muito beneficiado com os programas sociais do governo. O projeto minha casa minha vida, que já beneficiou aqueles que não tinham um lar digno. Apesar das dificuldades na saúde programas como o mais médico levou aos rincões desse país esperança para a saúde de muitas pessoas que raramente tinha acesso aos médicos. Nunca se teve tanta abertura para o diálogo como nos últimos 12 anos, através de mais de mil conferências de todos os segmentos. Por esse e por outros motivos é que a Central Única dos trabalhadores diz não ao golpe que esta em curso e conclama a classe trabalhadora para ir as ruas defender nossa democracia e os direitos da classe trabalhadora”, esclareceu.
Segundo Gleyson Melo, da coordenação da Frente Brasil Popular da Paraíba, esse ato será um especial, diferente de todos que já se viu até agora. “Primeiro porque o momento político em que a gente vive, exige principalmente dos trabalhadores e dos mais pobres,  uma grande mobilização contra a retirada dos direitos conquistados até agora, segundo porque recupera a tradição histórica do significado do dia internacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras, que é uma data que surge a partir de muita luta e enfrentamento contra a exploração e todas as formas de opressão”, explicou.
Para Joana D’arc da Silva, representante do Comitê de Mulheres da Frente Brasil Popular da Paraíba, a classe trabalhadora precisa estar mais unida do que nunca. “Estamos em um momento extremamente decisivo, pois estamos presenciando uma ameaça e precisamos estar juntos na defesa das bandeiras dos trabalhadores e de um projeto de desenvolvimento inclusivo e de divisão de riquezas, que possibilite distribuição justa de políticas sociais entre homens e mulheres. Está nas ruas neste momento é também defender as regras democraticas e o estado de direito”, ressaltou.
Os trabalhadores e trabalhadoras seguirão para o Busto de Tamandaré, onde será realizado o “Ato Político-Cultural’, em defesa da democracia e contra o golpe. Shows com músicos locais e apresentações artísticas estão na programação do evento. Já confirmaram presença: Coral Voz Ativa, Fuba, Milton Dornelas, Totonho, Pal de Dá em Doido, Vera Lima, Lis e os repentistas Rogério Menezes, Luciano Leonel e Iponax.  
Do paraiba.com.br com Assessoria 

Silvano Silva ✔

Obrigado pela visita!

Nenhum comentário:

Comente esta notícia!