ULTIMAS NOTÍCIAS
RESPOSTA: Prefeitura de Caldas Brandão estranha que após 15 dias da entrega do peixe surjam denúncias a respeito
quarta-feira, 6 de abril de 2016 Posted by Silvano Silva ✔


Prefeitura de caldas Brandão (2)A Prefeitura de Caldas Brandão, através da Assessoria de Comunicação do município, foi rápida na resposta a denúncia veiculada no final da tarde desta quarta-feira (06) dando conta de que a distribuição do peixe durante a semana santa teria sido feita em um caminhão de recolher lixo. 
Na nota, a prefeitura diz causar estranheza o fato de só agora após quase 15 dias da referida distribuição a denúncia ter sido feita a imprensa.
Confira na íntegra a nota da Prefeitura:
Sr. Editor, Em relação a matéria publicada por esse portal, afirmando que a distribuição de peixes durante a semana santa neste Município, teria sido feita em caminhões responsáveis pela coleta de lixo, a Prefeitura Municipal de Caldas Brandão vem de público fazer os seguintes esclarecimentos e questionamentos: – A distribuição do pescado foi realizada no dia 24 de março, de forma pública e acessível a qualquer cidadão que quisesse fiscalizar o ato, conforme tem sido feito todos os anos anteriores da gestão da Prefeita Neuma Rolim; – Causa-nos estranheza que passados quase 15 dias da referida distribuição, sem que houvesse qualquer questionamento de possíveis irregularidade, tão somente agora e sob o manto do anonimato, alguém tente diminuir o gesto administrativo e de profunda importância social, cultural e religiosa,como forma de estar ao lado dessas famílias, num gesto de solidariedade num momento tão importante para os cristãos. – Cabe ressaltar que mais de 2.500 ( DUAS MIL E QUINHENTAS) famílias foram beneficiadas pela distribuição do peixe, além do fubá, do coco e do arroz. Diferente da passagem bíblica onde Jesus, após praticar o bem da cura para dez homens, apenas um volta para agradecer, em Caldas Brandão, após o tradicional ato de irmandade cristã da gestão municipal, apenas um voltou para criticar; – Causa-nos estranheza também, que o (a) denunciante, com aparente conhecimento de saúde pública, apela na tentativa de impor o medo sobre as pessoas, alegando que o fato poderia causar problemas de saúde pública, sem no entanto explicar porque até o momento nenhum caso tenha sido detectado em nossas unidades de saúde, decorrente da ingestão do pescado. Vale destacar, que todos os produtos foram adquiridos com qualidade e procedência do fornecedor. – A alegação do denunciante em usar o anonimato por medo de represália é risível e desprovida de qualquer credibilidade, tendo em vista que a prática da perseguição não faz parte da gestão da Prefeita Neuma Rolim, que vem trabalhando para colocar o município no caminho de volta ao desenvolvimento, através de um governo democrático e aberto ao diálogo. Perseguição também pode ser atribuído a pratica do denuncismo barato e desleal, por parte daqueles que temendo a continuidade de uma administração voltada para o bem comum de um município, utilizam-se das sombras do anonimato para esconder seus reais interesses escusos e impublicáveis; – Por fim, a Prefeitura Municipal de Caldas Brandão esclarece, que o Município dispõe de dois caminhões, sendo um exclusivamente destinado ao recolhimento do lixo e que tal veículo não foi utilizado na entrega dos peixes. Sendo portanto, infundada, descabida, vergonhosa e covarde, a tentativa de desacreditar o trabalho desenvolvido pela administração deste município perante a opinião pública.
Caldas Brandão/PB, em 06 de abril de 2016
Assessoria de Comunicação
Da Redação 
Do ExpressoPB

Silvano Silva ✔

Obrigado pela visita!

Nenhum comentário:

Comente esta notícia!