ULTIMAS NOTÍCIAS
Com Del Nero, CBF troca técnicos das seleções uma vez a cada 4 meses
terça-feira, 21 de fevereiro de 2017 Posted by Silvano Silva ✔

Continuidade definitivamente não é o forte na nova administração da CBF. Sob a gestão de José Maria Marín e Marco Polo Del Nero, a entidade simplesmente muda o comando de uma de suas quatro principais seleções (a principal, a su-20, a sub-17 e a feminina) há cada quatro meses, em média.
A última ‘vítima' foi Rogério Micale. Campeão olímpico no ano passado, ele não resistiu ao péssimo Sul-Americano que fez - e nem à pressão política em cima dele - e acabou demitido do comando da seleção sub-20.
Mas a verdade é que ele está longe de ser a primeira vítima. De 2012, quando Marin assume já com forte influência de Del Nero em sua administração, até agora, todas as quatro principais seleções do país tiveram quatro técnicos diferentes.
Já em 2012, os quatro técnicos mudaram. Na base, é verdade, não por culpa da CBF. Ney Franco resolveu deixar o sub-20 para comandar o São Paulo, enquanto Marquinhos Santos saiu da sub-17 para assumir o Coritiba.
Os outros dois acabaram vítimas da Olimpíada de Londres. Mano Menezes acabou demitido da seleção principal após a prata com a seleção olímpica que acumulava. Já Jorge Barcellos deixou o time feminino após cair ainda nas quartas de final.
Em 2013, mas trocas. Émerson Avila caiu ainda na primeira fase do sul-americano sub-20 e deu lugar a Alexandre Gallo, que começou acumulando o trabalho da sub-17, mas, no fim do ano, abriu espaço para Caio Zanardi no time de baixo.
O ano seguinte vitimou Luis Felipe Scolari na seleção principal, após a trágica goleada para a Alemanha na Copa do Mundo. E também tirou Márcio Oliveira da seleção feminina, que ‘procurava um nome mais experiente para a equipe'.
2015 foi o ano de mexer na base mais uma vez. Alexandre Gallo não convenceu, entrou em atritos com a cúpula da CBF e acabou demitido da seleção sub-20. Convidado por Gallo, Caio Zanardi também caiu na sub-17.
As últimas mudanças vieram no ano passado. Primeiro com Dunga demitido na seleção principal e depois com Vadão caindo após a Olimpíada.
Veja os técnicos das seleções brasileiras na era ‘Marin-Del Nero':
Técnicos da seleção principal
Mano (de 2010 a 2012)
Felipão (de 2013 a 2014) 
Dunga (de 2014 a 2016)
Tite (desde 2016)

Seleção feminina
Jorge Barcellos (de 2011 a 2012)
Márcio Oliveira (de 2012 a 2014)
Vadão (de 2014 a 2016)
Emily Lima (desde 2016)

Sub-20
Ney Franco (de 2010 a 2012)
Emerson Ávila (de 2012 a 2013)
Gallo (de 2013 a 2015)
Micale (de 2015 a 2017)

Sub-17
Marquinhos Santos (2012)
Gallo (de 2013)
Caio Zanardi (de 2014 a 2015)
Carlos Amadeo
ESPN

Silvano Silva ✔

Obrigado pela visita!

Nenhum comentário:

Comente esta notícia!