ULTIMAS NOTÍCIAS
Vereadores de cidade da Zona da Mata são impedidos de entrar em prédio público e caso vai parar na Delegacia
quinta-feira, 19 de junho de 2014 Posted by Silvano Silva ✔

Vereadores Magdiel, Zélia e Marcondes Baltazar
Vereadores Magdiel, Zélia e Marcondes Baltazar
CASO DE POLÍCIA – Vereadores de cidade da Zona da Mata são impedidos de entrar em prédio público e caso vai parar na Delegacia
Se alguém imagina que já viu de tudo na ceara política nessas pequenas cidades do interior do Brasil, se enganou e vai sendo surpreendido a cada momento. Em Mari, por exemplo, a cada dia uma novidade acontece envolvendo os agentes públicos.
Nesta quarta-feira (18) os vereadores Magdiel Olinto e Zélia dos Transportes foram impedidos de visitar a sede do CAPS e o caso foi parar na delegacia.
Informações recebidas pelo ExpressoPB dão conta de que os vereadores vinham  recebendo reclamações de falta de medicamentos para os usuários do órgão e desde a segunda-feira (16) que as reclamações se intensificaram. Os vereadores se dirigiram ao prédio do CAPS para verificar a situação e foram impedidos de seguir ao interior do órgão pela Diretora da instituição, a Dra. Adailma.
Impedidos de adentrar ao órgão publico para cumprir suas prerrogativas como parlamentar, que é de fiscalizar a execução do bom serviço público, os vereadores procuraram a Delegacia de Polícia de Mari para registrar um Boletim de Ocorrência para registrar o fato.
No final da manhã, a coordenadora do CAPS, Adailma veio a público no Programa Liberdade de Expressão da Rádio Araçá FM esclarecer que não impediu o acesso dos vereadores ao prédio, mas que suas ocupações teriam impedido de receber os parlamentares.
A coordenadora confirmou a falta dos medicamentos, mas que o laboratório teria entregue na Secretaria de Saúde do município no final da tarde de ontem (17) e que só na manhã de hoje o CAPS teria recebido para a distribuição com seus pacientes.
Os vereadores Magdiel, Zélia e Marcondes Baltazar que integram a bancada de oposição repudiaram a atitude da coordenadora e disse que continuarão vigilantes quanto a aplicação dos recursos públicos municipais.
Da Redação 
Do ExpressoPB

Silvano Silva ✔

Obrigado pela visita!

Nenhum comentário:

Comente esta notícia!