ULTIMAS NOTÍCIAS
Aneel altera reajustes nas contas de luz; Paraíba será afetada
terça-feira, 7 de abril de 2015 Posted by Silvano Silva ✔


Aneel altera reajustes nas contas de luz; Paraíba será afetada A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) alterou nesta terça-feira (7) os reajustes aprovados para sete distribuidoras de energia elétrica. A decisão afeta os reajustes das distribuidoras CPFL Leste Paulista, CPFL Sul Paulista, CPFL Jaguari, CPFL Santa Cruz, Energisa Borborema e Ampla.


A decisão ocorreu depois da aprovação, no final de março, do valor definitivo do encargo da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) – o valor que as empresas terão que pagar pelos empréstimos feitos para socorrer as distribuidoras e evitar a alta nas contas de luz no ano passado. As empresas terão quatro anos e meio (em vez dos dois previstos) para pagar esses empréstimos, no valot total de R$ 37,4 bilhões.

Ampla

Para as 2,5 milhões de unidades consumidoras da Ampla, em 66 municípios do Rio de Janeiro, o novo percentual aprovado é, em média, de 37,34% – o reajuste anterior era de 42,19%. Para os consumidores residenciais, o índice de reajuste caiu de 34,95% para 30,25%. Para os consumidores de alta tensão (indústrias), o índice foi reduzido de 56,15% para 51,09%.

CPFL Jaguari

Para as 38 mil unidades atendidas pela distribuidora nas cidades paulistas de Jaguariúna e Pedreira, a alta média aprovada nesta terça-feira ficou em 16,8%. Para os clientes de baixa tensão, a alta aprovada é de 13,25%, e para a alta tensão, de 18,48%.

CPFL Mococa

As 44 mil unidades atendidas na cidade de Mococa (SP) e três municípios de Minas Gerais terão alta média de 11,81% – 9,48% para a baixa tensão, e 18,22% para a alta tensão.

CPFL Leste Paulista

A alta média aprovada para as 55 mil unidades atendidas nas cidades paulistas de São José do Rio Pardo, São Sebastião da Grama, Divinolândia, Casa Branca, Itobi, Tapiratiba e Caconde foi de 14,52%. A alta é de 12,3% para a baixa tensão e de 20,06% para a alta tensão.

CPFL Santa Cruz

As 200 mil unidades consumidoras atendidas pela distribuidora em 24 municípios do interior de São Paulo e três do Paraná terão alta média de 5,16% – 4,86% para a baixa tensão e 5,7% para a alta tensão.

CPFL Sul Paulista

A Aneel aprovou reajuste médio de 17,02% para as 80 mil unidades consumidoras atendidas pela distribuidora em Itapetininga, São Miguel Arcanjo, Guareí, Sarapuí e Alambari, no estado de São Paulo. Para as indústrias, a alta é de 32,42%, e para os consumidores de baixa tensão, de 9,09%.

Energisa Borborema

Também foi alterado o reajuste aprovado para as 195 mil unidades atendidas pela Energisa Borborema em Campina Grande e outros cinco municípios da Paraíba, para média de 0,62%. Para a baixa tensão, a alta é de 0,53%, e para a alta tensão, de 0,74%.


Com G1

Silvano Silva ✔

Obrigado pela visita!

Nenhum comentário:

Comente esta notícia!