ULTIMAS NOTÍCIAS
Neymar não pode ser exemplo para nossos filhos’, diz diretor da DIS
sexta-feira, 6 de maio de 2016 Posted by Silvano Silva ✔


Um dos responsáveis pela negociação de Neymar com o Barcelona, em 2013, o fundo de investimento DIS move processo contra o craque e sua família, acusando o pai do jogador, Neymar Santos, de ter fraudado a negociação. Em entrevista ao jornal espanhol “Marca”, o diretor da DIS, Roberto Moreno, criticou a conduta do atleta e do pai dele. O representante afirmou que o camisa 11 do Barça “não pode ser exemplo para os filhos” de ninguém.
– Nos sentimos traídos e enganados. Nós cuidamos dele quando era uma promessa. Investimos muito dinheiro apesar dos riscos, e chegou um momento em que ele nos enganou. Neymar não pode ser exemplo para nossos filhos, nem um ícone, pois está sendo investigado por evasão e corrupção – disse ao jornal.
A DIS detinha parte dos direitos econômicos de Neymar quando o Santos acertou a transferência dele para o Barcelona. O representante do fundo de investimento está na Espanha para audiência da ação movida contra o craque no país europeu. No processo, a DIS declara que a negociação representou em torno de 100 milhões euros, mas, oficialmente, o valor declarado foi de 17,1 milhões de euros.
Moreno contou ao “Marca” que, em 2011, o empresário de Neymar, Wagner Ribeiro, tentou comprar de volta os 40% dos direitos do craque, por quase o triplo do que a DIS pagou, no início. A oferta chegou a quase cinco vezes mais do que os R$ 2,5 milhões pagos.
– É verdade que ficamos surpresos que Wagner Ribeiro e o pai, entre julho e outubro de 2011, tentaram comprar de volta os direitos do jogador. Nós pagamos 2,5 milhões por 40% dos direitos de Neymar em 2009. No verão de 2011, eles começaram a oferecer R$ 7 milhões e correu até R$ 12 milhões. Mas nós não aceitamos, já que havia muitos clubes interessados ​​e dispostos a pagar a cláusula rescisão do jogador, e também não vimos como eles teriam recursos para pagar, não tinham dinheiro. Por isso não aceitamos. Um mês depois, em novembro, ele assinou um contrato de 40 milhões de euros com o Barcelona. Eles tinham oferecido o dinheiro porque tinham apalavrado. Eu acho que o Barça teria pago esses 12 milhões – contou.
O diretor da DIS ainda afirmou que Neymar conheceu a mãe de seu filho, Carolina Dantas, através da empresa. Jean Neto, primo da jovem, foi deslocado pelo fundo de investimento para ser secretário do jogador antes de eles romperem, em 2011.
- Nós cuidamos de Neymar até 2011, quando eles quebraram todos os laços após rejeitarmos a recompra dos 40% dos direitos. Eles até tinham o Jean Neto, a nossa pessoa de confiança, que serviu como secretário do jogador e o acompanhou em todos os momentos. Veja como eles tinham uma boa relação porque o filho dele é o resultado de um relacionamento com a prima de Jean, Carol. Então, eles não podem dizer que não nos conhecia - afirmou.
Globo Esporte 

Silvano Silva ✔

Obrigado pela visita!

Nenhum comentário:

Comente esta notícia!