ULTIMAS NOTÍCIAS
Músicos da Paraíba e do Canadá farão concerto na Ufal
segunda-feira, 24 de outubro de 2016 Posted by Silvano Silva ✔


Músicos da Paraíba e do Canadá farão concerto na Ufal
O Trio Tardif-Avellar-Martins estará em Maceió, no próximo dia 7 de novembro, para o concerto de encerramento do 2º Encontro de Cordas da Escola Técnica de Artes (ETA) da Universidade Federal de Alagoas, que teve iníciono final de setembro. O violoncelista paraibano Felipe Avellar de Aquino, o pianista José Henrique Martins, curitibano radicado em João Pessoa-PB, e o violinista canadense Guillaume Tardif farão uma masterclass, pela manhã, com os alunos dos cursos técnicos de violino, violoncelo e piano e, às 19h, se apresentam na sala 11 do Espaço Cultural, na Praça Sinimbu.


A aula é exclusiva para os alunos da Escola, mas o concerto é aberto a qualquer interessado. A apresentação faz parte das ações do Núcleo de Cordas da ETA, coordenado pelas professoras Miran Abs e Lilian Pereira. “Esta é mais uma ação que visa a fortalecer o ensino de cordas dentro da Universidade e fomentar a música erudita no nosso Estado”, reforçou Miran Abs.

Ela reforça que esse intercâmbio cultural é muito importância para os alunos. “Os nossos alunos terão a oportunidade de estudar com grandes músicos de renome internacional e de ampliar seus conhecimentos de técnica e performance”, destacou, acrescentando que, além de Ufal, o trio se apresentará nas universidades federais da Paraíba (UFPB), em João Pessoa, e do Rio de Janeiro (UFRJ) e na Unirio.

Sobre dos músicos

Guillaume Tardif

O violinista é professor Departamento de Música da University of Alberta, do Canadá. Suas áreas de interesses no ensino e na pesquisa são violino e música de câmara, além da literatura e pedagogia de instrumentos de cordas. Como solista e camerista, se apresentou nas mais importantes salas de concerto internacionais, como o Carnegie-Weill Hall, onde realizou, em 2011, a primeira apresentação nos Estados Unidos dos 24 Caprichos de Paganini em versão acompanhada ao piano, de autoria do compositor francês Raymond Gallois-Montbrun.

Tardif vem, com frequência, se apresentando como professor-artista em universidades e festivais internacionais e, ao mesmo tempo, promove ativamente o ensino das cordas no Canadá, uma vez que atua como presidente da Alberta String Association. Ele estudou no Conservatoire du Québec [onde recebeu o Premier Prix de Violon, com Jean Angers] e na Eastman School of Music da Universidade de Rochester [Doctor of Musical Arts, com Oleh Krysa]. Também atua no programa EMBA na Alberta School of Business, onde apresenta curso interdisciplinar sobre Cultura e Criatividade.

Também é responsável por composições, arranjos e gravações importantes, a exemplo dos CDs Virtuoso Encores e From the Library of Joseph Szigeti.

Felipe Avellar

O violoncelista paraibano fez sua formação musical no Brasil e nos Estados Unidos, onde morou durante seis anos. Sua graduação em música foi na UFPB e o mestrado em violoncelo/performance, na Louisiana State University.É professor do Departamento de Música da UFPB e leciona Violoncelo e Música de Câmara.

Ele também estudou na renomada Eastman School of Music da University of Rochester, em Nova York. Foi lá onde fez o doutorado em Artes Musicais [DMA– violoncelo/performance]. Entre seus mestres estão Alan Harris, Marcy Rosen [de quem foi assistente], Dennis Parker e Nelson Campos. Como solista e recitalista, faz concertos sob a regência de Osvaldo D'Amore, Elena Herrera, Akira Mori, Eugene Egan, J. Alberto Kaplan, Carlos Veiga e Wolfgang Groth.

Como camerista, foi membro do Quarteto Cord'Art, no Brasil, e do Artesan String Quartet, nos EUA. Além de várias capitais brasileiras, ele também se apresentou na Argentina, na Itália, nos EUA e no Canadá.

José Henrique Martins

A formação acadêmica e musical do pianista curitibano foi no Brasil e nos EUA. Graduou-se pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná, fez mestrado na Universidade Federal do Rio Grande do Sul e doutorado na Boston University. Estudou com Henriqueta Garcez Duarte, José Alberto Kaplan, Cristina Capparelli, Anthony di Bonaventura e Maria Clodes Jaguaribe. Radicado em João Pessoa, ele é professor de piano nos cursos de graduação, mestrado e doutorado da UFPB.

A carreira artística do pianista curitibano passa por Brasil, Portugal e Estados Unidos. Como solista atuou sob a batuta de Gustavo de Paco de Gea, Elena Herrera, Marcos Arakaki e Lutero Rodrigues. Já como camerista tocou ao lado de instrumentistas nacionais e internacionais, como os trompetistas brasileiros Nailson Simões e Ayrton Benck e norte-americano Charles Schlueter; os violinistas Bartolomeij Nizziol (Polônia), Guillaume Tardif (Canadá); violoncelista brasileiro Felipe Aquino; violistas Timothy Deighton (Nova Zelândia/EUA), entre outros.

Como solista atuou sob a batuta de Gustavo de Paco de Gea, Elena Herrera, Marcos Arakaki e Lutero Rodrigues. Também se dedica ao registro de peças para piano e música de câmera e tem sido convidado, como pianista e professor, para importantes festivais de música, a exemplo do Virtuosi, em Recife; Festival Internacional de Música de Campina Grande; Encontro de Criatividade e Artes, em Portugal; Encontro Internacional de Pianistas (Tatuí); Festivais Chopin/Schumann, Mendelssohn/Liszt, Debussy/Albeniz no Recife; e Civebra, de Brasília.

Serviço

O que: Masterclass e concerto com o Trio Tardif-Avellar-Martins Onde: Espaço Cultural da Ufal, na Praça Sinimbu, Centro Horário: às 9h e às 19h



 Ascom - Ufal

Silvano Silva ✔

Obrigado pela visita!

Nenhum comentário:

Comente esta notícia!