ULTIMAS NOTÍCIAS
Secretário executivo de Cultura de Sapé lança poesia em João Pessoa
quinta-feira, 3 de novembro de 2016 Posted by Silvano Silva ✔




O livro “O peso das gotas”, do poeta paraibano Jairo César, vencedor do Prêmio José Américo de Literatura – Edições Funesc 2014, será lançado no sábado (05), às 17 horas, na Biblioteca Juarez da Gama Batista, no Espaço Cultural, em João Pessoa. Com selo da editora paulista Penalux, a obra tem prefácio do poeta Linaldo Guedes e traz depoimentos de Antônio Mariano, Águia Mendes e Bruno Gaudêncio. Durante o evento terá sarau poético e mesa de debate sobre livros, leitores e produção literária.
O autor lembrou que a obra começou a ser escrita em 2010 e concluída em 2014,  agora sendo publicada. Dividido em cinco partes, o livro passeia da nostalgia à ironia, revelando, com leveza poética, o peso de uma lírica que não esconde suas referências temáticas ou influências literárias. No primeiro capítulo – Infância-, a evocação do trem é uma constante. Não de um trem veloz, lúdico, como no célebre poema de Manuel Bandeira. Mas de um trem nostálgico, evocando lembranças do pai e de imagens da infância. A Estação de Sapé é o estuário natural dessa nostalgia.
A segunda parte da obra – Meus -, dialoga com outros autores, alguns contemporâneos do poeta; outros referenciais, como Fernando Pessoa e Miguel de Cervantes. Neste diálogo, impressiona a reiteração da presença do tinteiro em vários poemas. Assim como no primeiro capítulo Jairo utiliza de algo que já está ficando no passado (o trem). Neste, a utilização do tinteiro em versos de vários poemas leva o leitor a um tempo em que não se escrevia nos teclados do computador.
A terceira parte do livro - Mínimos -, como o título já sugere, traz poemas curtos, a maioria tercetos. O tom é lírico, de um lirismo inusitado. Vale a pena ler a série de tercetos sobre a lua. Vale a pena observar, também, as referências à Bíblia e outros temas religiosos em alguns poemas.
Já em – Úmidos -, quarta parte da obra, predominam poemas com temática mais erótica. Ou lírico-amorosa. Como “Boca de Veludo” e os salmos para Isabel e Deise. Por último, o livro traz  -    Diversos -, que como o próprio nome já diz, é uma pequena coletânea de poemas sobre os mais variados assuntos. Destaque para “Reforma ortográfica”, “Desenredo” e “Eclipse”, onde o lúdico remete ao livro de poemas para crianças lançado pelo autor.
O autor – Jairo Cézar Soares de Souza é natural de João Pessoa (PB). É escritor, poeta, professor, e roteirista de quadrinhos. Secretário executivo de Cultura de Sapé. Seus gêneros literários são os contos, poemas, entre outros. Suas principais obras são: Escrito no ônibus (2007); Rapunzel e Outros Poemas da Infância (2012); Augusto dos Anjos em Quadrinhos (2014); O Peso das Gotas (2015).
Prêmios: Vencedor do Prêmio Novos Escritos – Funjope (2007/2008/2010). Um dos vencedores do IV Prêmio Canon de Poesia (2011). Rapunzel e outros poemas de infância (Forma Editorial – 2012). Mini Contos SA (2012). Penalux de São Paulo (2012). Augusto dos Anjos em quadrinhos (Patmos Editora – 2014). Foi 3º lugar no Festival Poesia Encenada do SESC-PB (2007/2008/2014). João Pessoa em Quadrinhos (2015). Com o poema o Mito do Tamarindo, conquistou o 2º lugar, no Concurso Nacional de Poesia Augusto dos Anjos (2015), em Leopoldina conquistou o 2º lugar, no Concurso Nacional de Poesia Augusto dos Anjos (2015), em Leopoldina (MG). José Américo de Literatura (2015). Recebeu o Prêmio José Américo de Almeida, pela obra, O Peso das Gotas.


Com informações da SECOM

Silvano Silva ✔

Obrigado pela visita!

Nenhum comentário:

Comente esta notícia!