ULTIMAS NOTÍCIAS
Águas da chuva e da transposição fazem açude sangrar no Cariri e seguem para Boqueirão
terça-feira, 4 de abril de 2017 Posted by Silvano Silva ✔


Águas da chuva e da transposição fazem açude sangrar no Cariri e seguem para Boqueirão

 Encontro das águas. O caririzeiro tem motivo de sobras para sorrir neste começo de abril. Após a chegada das águas da transposição do Rio São Francisco, as últimas chuvas registradas na região, fizeram alguns açudes transbordar. A água da chuva se encontrou com as águas do Velho Chico, e já descem pelo Rio Paraíba com destino ao açude Epitácio Pessoa em Boqueirão.

As chuvas fortes proporcionaram um verdadeiro espetáculo da natureza, que h[á anos não era visto pelos moradores. O Açude de São José, no Cariri da Paraíba, sangrou após uma precipitação de 109mm segundo a Agência Executiva de de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), O reservatório tem uma capacidade de 1.311.540 m³. Com a sangria, uma cachoeira chegou a ser formada, chamado atenção dos moradores. 

As águas estão sendo liberadas pelo sangradouro e pela caixa de descarga e já passaram do Açude de Poções, se juntando às águas transpostas do Rio São Francisco, em direção ao Açude de Boqueirão, que abastece Campina Grande e região. “Eu já havia dito que a natureza estava ajudando. Março e abril é período de chuva. O prejuízo que a gente teve por um lado, a natureza está dando de graça”, disse o presidente da AESA João Fernandes.

As bombas já estão funcionando normalmente desde o sábado (1º), conforme explicou o presidente da Aesa, reforçando o bombeando de água. Antes com capacidade para bombear 4,5 metros por segundo e, na prática, só chegando a 3,3m/s, agora a estação está conseguindo bombear 9m/s.

Apesar do cenário positivo, João Fernandes mantém a previsão da chegada das águas a Boqueirão. “Pode acelerar, mas eu prefiro trabalhar com a tese de 30 a 45 dias a partir de 10 de março”, pontuou.

As águas da transposição chegaram à cidade de Monteiro, na Paraíba, no dia 8 de março e já inundaram os açude de Porções e Camalaú. Esperadas com expectativa pelo nordestino, as chuvas também chegaram na Paraíba, molhando a terra e enchendo açudes e barreiros. Somente no último final de semana choveu em pelo menos 78 cidades segundo a AESA.

Em Monteiro, a chuva forte causou algamentos em alguns bairros da cidade. Outras cidades de que tiveram bons índices pluviométricos foram Manaíra e Mãe D' Água, no Sertão do estado, com 91,6 mm e 81,2 mm, respectivamente. Ainda na região sertaneja, as cidades de Cacimba de Areia, com 77,7 mm, e Teixeira, com 61, 2 mm, apresentaram bons índices pluviométricos. No Litoral, a cidade de Jacaraú foi a que registrou o maior índice de chuva, com 47,1 mm. Em João Pessoa, a Aesa mediu pouco mais de 20 mm de chuva no fim de semana.


Severino Lopes 
PB Agora

Silvano Silva ✔

Obrigado pela visita!

Nenhum comentário:

Comente esta notícia!