ULTIMAS NOTÍCIAS
Com queda de receitas de mais de R$ 500 milhões, Secretário reage a críticas sobre o cancelamento do SJ: “Querem jogar Sapé no caos”
sábado, 2 de junho de 2018 Posted by Silvano Silva ✔

O Secretário de Comunicação da Prefeitura de Sapé, Romero Baunilha, reagiu com veemência as críticas vindas da oposição sobre a decisão do Prefeito Roberto Feliciano em não realizar os festejos juninos este ano.

“Não há viabilidade financeira para se gastar com um evento desse porte, pois as notícias sobre o cenário futuro do Brasil é incerto”, disse Baunilha ao ExpressoPB.net na manhã deste sábado (02).
Romero lembrou as últimas notícias que circulam na imprensa do sul dando conta de queda na arrecadação dos municípios no Brasil inteiro, inclusive na Paraíba a perda de recursos é de cerca de R$ 500 milhões, segundo a Federação das Associações dos Municípios da Paraíba (Famup).
“Quem está querendo forçar a administração a fazer a festa são os mesmo que desejam que Sapé entre no caos, no colapso financeiro para ganharem dividendos políticos e isso a gestão não irá fazer”, garantiu o Secretário Romero.
“Ouvi certo parlamentar falar que Campina Grande é um exemplo de São João, mas esqueceu de dizer que os servidores da saúde já estão em greve cerca de um mês, então isso não é modelo para nenhuma gestão”, alfinetou Baunilha.
Para o Secretário de Comunicação é necessário ter sensibilidade e discernimento para não piorar a situação da cidade, portanto, a atitude do prefeito foi acertadíssima, disse.
“A oposição quer que realizemos o São João para atrasar o pagamento do funcionário e fornecedor para eles armarem o palanque antecipado, como sempre fizeram, mas Sapé não voltará ao tempo em que servidor pra receber salário tinha que fazer protesto”, finalizou.

Do ExpressoPB 

Silvano Silva ✔

Obrigado pela visita!

Nenhum comentário:

Comente esta notícia!