ULTIMAS NOTÍCIAS
Prefeitura realiza evento nas escolas para lembrar dia do meio ambiente
quinta-feira, 14 de junho de 2018 Posted by Silvano Silva ✔




A Prefeitura Municipal de Sapé tem procurado, de forma permanente, criar uma consciência de preservação dos bens naturais do município, com campanhas educativas.
A Secretaria da Educação, Cultura, Esporte e Turismo realizou, na manhã da terça-feira, dia 8 deste mês, uma solenidade alusiva a Semana Nacional do Meio Ambiente. Na ocasião, representatividades  de profissionais da educação estiveram  presentes  e destacaram os projetos desenvolvidos nos educandários, que resultou em inscrições e classificações de escolas municipais na V Conferência Nacional Infanto Juvenil pelo Meio Ambiente.
O Secretário da Educação, Cultura, Esporte e Turismo Kíldare André Lima de Freitas destacou que tomar cuidado e preservar o meio ambiente é cuidar da vida e esse deve ser um compromisso de todos.
Como funciona
Neste ano de 2018, no Calendário Letivo e Calendário de Ações da SEDCET, na semana de 04 a 08 de Junho, foi evidenciando o tema Meio Ambiente. Apesar dessa temática ser trabalhada no cotidiano escolar, neste ano houve um diferencial. As escolas da rede municipal de ensino desenvolveram projeto relacionados ao Meio Ambiente com o intuito de participarem da Conferência Nacional do Meio Ambiente, com o tema " Vamos Cuidar das Águas ", havia 17 vagas para o Estado da Paraíba e das 4 escolas selecionadas para a segunda etapa na esfera estadual, e duas das nossas escolas foram selecionadas.
A Conferência Nacional Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente (CNIJMA) é uma iniciativa do Órgão Gestor da Política Nacional de Educação Ambiental (PNEA), constituído pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA).
É uma estratégia de mobilização de estudantes, adolescentes e jovens de todo o país visando promover a reflexão, o desenvolvimento de estudos e pesquisas, além de estimular a proposição de ações e projetos no contexto da temática socioambiental, considerando seus desafios e alternativas, no âmbito da escola e de seu entorno, em conformidade com as orientações expressas nas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Ambiental (DCNEA). A Conferência é um processo pedagógico, dinâmico, de diálogos e encontros, voltado para a valorização da cidadania ambiental nas escolas e comunidades a partir da educação ambiental crítica, participativa, democrática e transformadora. Ela se caracteriza como um processo dinâmico de encontros e diálogos, para debater temas propostos, deliberar coletivamente e escolher os representantes que levarão as ideias consensuadas para as etapas sucessivas.
A Conferência Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente, realizada por adesão espontânea das escolas do segundo segmento do Ensino Fundamental, representa um marco na política de Educação Ambiental do país.
Neste ano, a V Conferência Nacional Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente teve como tema “Vamos Cuidar do Brasil Cuidando das Águas”, constituindo-se em um processo pedagógico que traz a dimensão social e política da questão da Água para os diálogos realizados nas escolas e comunidades, percebendo a água em suas múltiplas dimensões.
A V Conferência Infanto-juvenil foi realizada em quatro etapas:
Conferência na Escola
Momento em que estudantes, professores e demais interessados reuniram-se para dialogar sobre como transformar sua escola em um espaço educador sustentável, constituindo-se, assim, em um lócus privilegiado para aprofundar o debate sobre o tema da Conferência em nível local. Na ocasião a escola teria que elaborar um projeto de ação, divulgar o projeto; eleger um delegado ou delegada (e suplente), ter entre 11 e 14 anos no período da etapa nacional da V CNIJMA, compartilhar o resultado do trabalho coletivo com a comunidade e em seguida fazer cadastramento dos resultados da Conferência na Escola no site da Conferência que deveria ser realizado até dia 17 de abril de 2018.
A Conferência Municipal/Regional é uma etapa opcional, com os prazos definidos pela COE, onde as escolas se reúnem para apresentar e debater os projetos de ação escolhidos nas Conferências nas Escolas.
Conferência Estadual
É uma etapa obrigatória. A Conferência Estadual é um espaço de intercâmbio que tem por objetivo aprofundar os estudos e diálogos sobre o tema da Conferência a partir da perspectiva estadual. É o momento de encontro dos delegados e delegadas eleitas (os) na conferência municipal/regional ou das escolas escolhidas pela Comissão Organizadora Estadual.  Na Conferência Estadual é realizada a eleição da delegação e de um projeto de ação escolhido do conjunto de propostas das escolas que representará o Estado na Conferência Nacional.  Foram mobilizadas 368 escolas de todo o Estado, que inscreveram seus projetos no site oficial da Conferência Estadual de Educação.
Após seleção desses projetos pela COE, 51 escolas foram selecionadas para participar da II Conferência Estadual Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente, que aconteceu nos dias 16 e 17 de maio de 2018 em João Pessoa-PB, o evento estadual foi promovido pelo Governo do Estado, por meio das Secretarias de Estado da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos, do Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia (SEIRHMACT), em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (SEE) e secretarias municipais de Educação, Ministério do Meio Ambiente (MMA)e Ministério da Educação (MEC), entre outras instituições públicas que compõem a Comissão Organizadora Estadual (COE). Na ocasião foram selecionados uma delegação com 17 alunos de escolas das redes Estadual e municipais de ensino, sendo dois alunos da rede municipal de Sapé,  que vão representar a Paraíba na V Conferência Nacional Infanto-juvenil pelo meio ambiente, que será realizada na cidade de Sumaré (SP), no período de 15 a 19 de junho de 2018.
Conferência Nacional
A Conferência Nacional é o encontro nacional das delegações estaduais para realização oficinas, atividades culturais e diálogos sobre o tema “Água”, a partir dos projetos de ação selecionados nas etapas Estaduais e Distrital. Serão aproximadamente 460 delegados e delegadas, entre 11 e 14 anos, de todo pais, que já debateram o tema em suas escolas, nas Conferências Municipais e ou Regionais e nas Conferências Estaduais. Na Conferência Nacional, esses jovens irão aprofundar a temática, socializar os projetos, participar de oficinas.
sECOM

Silvano Silva ✔

Obrigado pela visita!

Nenhum comentário:

Comente esta notícia!