ULTIMAS NOTÍCIAS
Reginaldo Pereira após perder seu vice-prefeito e secretários, perde mais um vereador da base aliada
quarta-feira, 12 de março de 2014 Posted by Silvano Silva ✔

JaurisApós o rompimento político do vice-prefeito Severino Barbosa (PR) Netinho de Várzea Nova e vários secretários que compõe a base do prefeito Reginaldo Pereira. Oficialmente foi o vereador da base Jauires dos Santos (PTC), que no uso da tribuna da Câmara municipal revelou que não faz mais parte da bancada do executivo municipal, nesta terça-feira (11), foram 11 meses a espera dos benefícios na comunidade e a população cobrando em minha porta, chega de sofrer é melhor está só e em favor do povo.
Conforme o vereador Jauires dos Santos seu rompimento se deu através de poesia, pelos quais esclareceu os motivos que em 11 meses a comunidade rural a 18 Km, não recebeu nenhum investimento a exemplo da implantação do sistema de água, o calçamento das ruas de Odilândia, além de outras promessas que a população nos cobra todos os dias como a falta de médicos e de medicamentos, estrutura nas escolas para atender a população estudantil, e a dificuldade de locomoção das pessoas para o centro da cidade e uma ambulância para socorrer as pessoas doentes, relatou o vereador Jauires.
Rompimento em forma de poesia:
“Vou falar para Santa Rita, terra de gente bonita que não estou satisfeito e para viver sem calçamento, sem água eu não aguento ficar ao lado desse prefeito”. A parti de hoje não faço mais parte da bancada do prefeito Reginaldo Pereira, vamos dar um basta, isso é uma vergonha, desabafou o vereador Jauires.
Na tribuna, Jauires dos Santos disse ainda que Reginaldo Pereira vendeu uma promessa que não existia para a população,  “a culpa não minha é do gestor que prometeu e não cumpriu apenas dei um voto de confiança  como o povo”, para permanecer nesse caos prefiro ficar só, concluiu o parlamentar.
O prefeito Reginaldo Pereira assumiu a administração e teve sua primeira derrota com a eleição da mesa diretora da Câmara, e o número de vereadores inferior a bancada de oposição a mesa diretora, depois passou a ter maioria onde na oportunidade foi apreciada seu primeiro  processo de cassação em 2013, escapando apenas com uma votação apertada por um único voto, e após o início de 2014, perdeu espaço político para os opositores no parlamento, chegando assim a mais uma apreciação de mais um processo de cassação nesta quinta-feira (13),ás 09h.

Lamartine do Vale, do Paraíba Urgente.

Silvano Silva ✔

Obrigado pela visita!

Nenhum comentário:

Comente esta notícia!